X hits on this document

Word document

Departamento de Ciências Administrativas - page 2 / 2

3 views

0 shares

0 downloads

0 comments

2 / 2

UNIDADE 5 – ABORDAGEM SOCIOLÓGICA

Organização e meio ambiente;

Análise do Poder organizacional;

Conflitos organizacionais;

Confiança nas organizações;

UNIDADE 6 – TEORIA CRÍTICA

A história inacabada: o comportamento humano e econômico;

A crise da legitimação do capitalismo de Habermas;

Campo de Poder e ação de Bourdieu.

UNIDADE 7. MUDANÇA (INTER/INTRA) ORGANIZACIONAL

A Necessidade da Mudança;

Modelos de Mudança;

As relações Interorganizacionais.

Bibliografia

AKTOUF, Omar. A administração entre a tradição e a renovação. São Paulo: Atlas, 1996.

AKTOUF, Omar. Pós-Globalização, Administração e Racionalidade Econômica. São Paulo: Atlas, 2004.

BARNARD, Chester I. As funções do executivo. São Paulo: Editora Atlas, 1971.

BERTALANFFY, Ludwig Von; ANOHIN, P.K.; RAPORT, Anatol; MACKENZIE, W. J. M.; THOMPSON, James D. Teoria dos Sistemas. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1976

BLAU, Peter M., SCOTT, W. Ricard. Organizações Formais. São Paulo: Atlas, 1979.

BURREL, Gibson, MORGAN, Gareth. Sociological Paradigms and Organizational Analysis. London, Heinemann, 1979.

CLEGG, S.; HARDY, C.; NORD, W. Handbook de estudos organizacionais. Organizadores da edição brasileira: CALDAS, M; FACHIN, R.; FISCHER, T. São Paulo, Atlas, 1999. Vol. I e Vols. II

CROZIER, Michael. O Fenômeno Burocrático: ensaio sobre as tendências burocráticas dos sistemas de organização modernos e suas relações, na França, com o sistema social e cultural. Brasília: UNB, 1981.

ETZIONI, Amitai. Organizações Complexas: um estudo das organizações em face dos problemas sociais. São Paulo: Atlas, 1981.

ETZIONI, Amitai. Organizações modernas. São Paulo: Pioneira, 1980.

FOUCALT, Michel. Vigiar e punir. Petrópolis, Vozes, 1997.

FREITAG, B, ROUANET, S. P. (organizadores). Habermas: sociologia. São Paulo: Ártica, 1980.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. 9 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2000

HESSEN, Johannes. Teoria do conhecimento. 8.ed. Coimbra: Arménio Amado Editora, 1987.

JAPIASSU, Hilton Ferreira. Introdução ao pensamento epistemológico. 3. ed. Rio de Janeiro: F. Alves, 1979.

KATZ, Daniel e KAHN, Katz. Psicologia Social das Organizações. São Paulo: Atlas, 1976.

MARY PARKER FOLLETT: profeta do gerenciamento / organizado por Pauline Graham. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1997.

MASLOW, Abraham H. Maslow no gerenciamento. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2000.

MISOCZKY, Maria Ceci A. Implicações do uso das formulações sobre campo de poder e ação de Bourdieu nos Estudos Organizacionais. Revista de Administração Contemporânea (RAC), vol. 7, edição especial, p. 09-30, 2003.

MORGAN, Gareth. Imagens da Organização. São Paulo: Atlas, 1996.

MORIN, Edgar, MOIGNE, Jean-Louis Le. A inteligência da complexidade. São Paulo: Petrópolis, 2000

MOTTA, Fernando Cláudio Prestes, VASCONCELOS, Isabela Francisca Freitas Gouveia de. Teoria Geral da Administração. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

ORWELL, George. A revolução dos bichos. Trad. Heitor Ferreira. 2. ed. Porto Alegre: Globo, 1971.

PAGÈS, Max e outros. O Poder das Organizações. São Paulo: Atlas, 1987.

RAMOS, Alberto Guerreiro. Modelos de homem e teoria administrativa. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v.18, n.2, p.3-12, abr./jun., 1984.

RAMOS, Guerreiro. A nova ciência das organizações. Rio de Janeiro: FGV, 1989.

RODRIGUES, Suzana Braga, CUNHA, Miguel P. (organizadores). Estudos Organizacionais: novas perspectivas na administração de empresas: uma coletânea luso brasileira. São Paulo: Iglu, 2000.

SECRETAN, Lance. Os passos do tigre. São Paulo: Record, 1991.

SIMON, Herbert. Comportamento Administrativo. Rio de Janeiro: FGV, 1965.

WEBER, Max. Ensaios de Sociologia. Rio de Janeiro: LTC, 1982.

Document info
Document views3
Page views3
Page last viewedThu Oct 27 19:42:08 UTC 2016
Pages2
Paragraphs113
Words939

Comments