X hits on this document

PDF document

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - page 32 / 48

135 views

0 shares

0 downloads

0 comments

32 / 48

31

2.1.4.4.7 Mensuração da produção total em UEP

“A simplicidade dos processos de custeio e mensuração de desempenho do método é decorrente da possibilidade de determinação da produção da empresa, como se esta fosse monoprodutora” (BORNIA, 2002, p. 146).

“Para mensurar a produção total do período em UEPs, basta multiplicar as quantidades fabricadas dos produtos pelos respectivos equivalentes em UEP” (WERNKE, 2005, p. 67).

2.1.4.4.8 Cálculo dos custos de transformação

“Nesta fase determina-se o custo de transformação de cada unidade produzida no período. Para tanto, basta dividir os gastos totais com os postos operativos no mês pela produção total em UEPs no mesmo período, obtendo-se o valor unitário (em R$) da UEP” (WERNKE, 2005, p. 68).

  • O

    conceito de esforço de produção está ligado à transformação da matéria-

prima em produto final. Portanto, o custo da matéria-prima não é trabalhado pelo método. o processo simplificado de determinação dos custos unitários é válido apenas para os custos de transformação. Os custos de matérias- primas devem, pois, ser calculados separadamente (BORNIA, 2002, p.146).

2.1.4.5 Benefícios proporcionados pelo método UEP

Segundo Wernke (2005, p. 69), a utilização do método UEP na gestão industrial proporciona informações para:

a)

precificar produtos: ao conhecer o custo de transformação e o consumo

de matéria-prima por produto é possível definir preços de venda adequados para

cada artigo produzido;

b)

benchmarking

de

processos:

com

  • o

    benefício

da

unificação

da

produção pelo método UEP, é possível se fazer a comparação da fabricação em

Document info
Document views135
Page views135
Page last viewedWed Dec 07 23:13:12 UTC 2016
Pages48
Paragraphs1002
Words10052

Comments