X hits on this document

135 views

0 shares

0 downloads

0 comments

33 / 35

Introdução à Ergonomia Página 33 Prof. Mario Cesar Vidal

agregam vários CI’s . Se do ponto de vista de componentes a atividade é menor, há um acrésci- mo da carga cognitiva, devido à menor possibilidade de diagnóstico situado (em geral os siste- mas integrados falham mais do que quebram). Assim sendo, com a modernização por aglutina- ção lógica aumentam os casos de funcionamento em modo degradado: os sistemas funcionam, mas não como poderiam, muito embora estejam na faixa inferior do funcionamento desejável.

Sofisticação

Especialização genética

Aglutinação lógica

Figura 11 : processos de evolução tecnológica (Vidal, 1978)

A contribuição da ergonomia em cada um desses processos de modernização forma um imenso capítulo integrado por pesquisas, relatos, análises e outros resultados que não nos cabe desenvolver, no escopo deste texto. Mas tenho a certeza que o leitor, a esta altura, já dispõe de algumas idéias a esse respeito. Que tal verificá-las?

7

Conclusão: uma disciplina nova e pouco trivial

Neste texto, buscamos retratar a imensa tarefa da ergonomia. Não resta dúvida que se trata de um desafio que requer uma alta competência da parte do ergonomista. A nosso ver este é exatamente um dos fatores explicativos da explosão da demanda por ergonomia. Se fosse algo simples, todos estariam fazendo há muito tempo. Se fosse algo trivial, para que escrever este texto? Já teríamos, certamente uma miríade de livros como é ocaso em muitos outros campos do conhecimento e da técnica.

Finalmente, se não fosse necessário, não estaríamos realizando o CESERG.

GENTE - Grupo de Ergonomia e Novas Tecnologias CESERG - Curso de Especialização Superior em Ergonomia.

Document info
Document views135
Page views135
Page last viewedSun Dec 11 12:00:32 UTC 2016
Pages35
Paragraphs708
Words18686

Comments