X hits on this document

247 views

0 shares

1 downloads

0 comments

17 / 87

digital, o primeiro contato da pessoa cega com o computador implica no ensino destes atalhos por outra pessoa, e mesmo o cego necessita algumas vezes ampliar seus conhecimentos destas facilidades. Destinado a cegos e a pais e professores com visão normal, para seu ensino posterior, o curso on-line de uso de periféricos visa então o rápido aprendizado destes atalhos e automatismos computacionais, essenciais para a inclusão digital.

Brinquedos digitais acessíveis

Em parceria com o Labrimp, Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da Faculdade de Educação da USP, o Programa tem disponibilizado softwares de brinquedos acessíveis para crianças com necessidades especiais, como um jogo da forca, um jogo da memória e um quebra-cabeças, que devido às características de alto contraste, ergonomia e usabilidade, atendem a diversas necessidades especiais.

ANÁLISE E VALIDAÇÃO DE TECNOLOGIAS

O Programa USP Legal apóia e concentra iniciativas de desenvolvimento de tecnologias de acessibilidade digital. A área de comunicação e pesquisa realiza um constante levantamento das tecnologias em desenvolvimento em centros de pesquisa, bem como as disponíveis no mercado  e as atuais iniciativas de software livre, analisando-as e validando-as para o uso nos equipamentos de informática da USP, especialmente nas áreas que se seguem:

Tecnologias de síntese de voz

O Programa dá especial atenção às tecnologias de síntese de voz aplicadas à acessibilidade de pessoas com deficiência visual. Além do levantamento das inovações do setor, em um diálogo com empresas e pesquisadores, a área de comunicação e pesquisa dá pautas para a melhoria de qualidade da síntese de voz, principalmente no que toca a amigabilidade da voz. Atualmente existem softwares leitores de tela nas salas de informática do Programa Pró-Aluno, ainda com um curso de capacitação de monitores de salas de informática no uso de leitores de tela, desenvolvido na sala Pró-Aluno da Faculdade de Educação.

Tecnologias de reconhecimento de voz

As tecnologias de reconhecimento de voz atendem a várias necessidades especiais com a automatização e substituição de dispositivos possibilitadas por este método. O USP Legal atualmente desenvolve uma pesquisa buscando mapear onde esta tecnologia pode ser útil nas várias barreiras existentes, especialmente na

Document info
Document views247
Page views252
Page last viewedSat Dec 10 01:11:43 UTC 2016
Pages87
Paragraphs823
Words17299

Comments