X hits on this document

230 views

0 shares

1 downloads

0 comments

61 / 87

DAISY 3.0. O deficiente visual pode navegar pelo livro eletrônico pelo índice, capítulos ou então folheando paginas, e ainda pode até acelerar o narrador do livro. Ele também pode mudar do áudio gravado para o sintetizador de voz, ou então fazer a leitura através de uma das linhas Braille da Freedom Scientific.  

(http://www.freedomscientific.com/fs_news/PressRoom/en/2004/2004_06_30-2.asp).

Dispositivos geradores de informação tátil (usuários cegos ou com visão subnormal)

São dispositivos cujo objetivo é gerar informação que possa ser entendida através da percepção tátil do usuário deficiente visual. Adaptando-se a taxonomia adotada, para os handhelds, fica-se somente com: Terminal de acesso em braille para computadores (handhelds).

Terminal de acesso em braille para computadores (handhelds):

O dispositivo consiste de uma linha formada por vinte a quarenta células braille, cada uma representando um caractere braille, com seis solenóides por célula (cada solenóide representando um ponto de código). Através de um leitor de tela, ativa-se os solenóides do terminal, formando palavras e frases no formato braille em auto-relevo, podendo ser interpretado pelo usuário DV através do tato.

PAC Mate Portable Braille Display (Freedom Scientific - EUA).

Document info
Document views230
Page views235
Page last viewedWed Dec 07 19:52:07 UTC 2016
Pages87
Paragraphs823
Words17299

Comments