X hits on this document

192 views

0 shares

1 downloads

0 comments

77 / 87

O atendimento individualizado é feito em salas ambientes, pois no CEES cada área do conhecimento possui sua sala específica, exceção feita às áreas de Matemática e Física, pois possuem mais um espaço próprio, denominado de Sala de Reforço. Esta é freqüentada por alunos que apresentam maior dificuldade no entendimento da Matemática e/ou da Física. São alunos com ritmo lento de aprendizagem, que dificilmente caminham sozinhos e, conseqüentemente, com a auto-estima muito baixa. Com tais características esses educandos necessitam de uma atenção mais especial. As metodologias, as estratégias e os materiais utilizados na aprendizagem são personalizados, considerando-se caso a caso os problemas apresentados.

Em se tratando do ensino da Matemática na EJA, o desafio é grande, pois alguns alunos já trazem em sua bagagem conceitos enraizados que, se equivocados, são de difícil superação, particularmente para o aluno adulto. Essa afirmação está baseada em anos de experiência de minha atuação no CEES. Entretanto, embora pensasse que já experimentara quase toda sorte de desafio como professora de Matemática, no ano de 2003 surgiu um tipo de desafio ainda não vivenciado: a chegada no CEES de alunos adultos com total deficiência visual.

A metodologia utilizada para os demais alunos não se aplicava ao deficiente visual, pois eles necessitam de instrumentos de escrita próprios.

Se nem sempre é uma tarefa fácil ensinar Matemática para os demais alunos, o que dizer sobre a pessoa cega.

Document info
Document views192
Page views197
Page last viewedSat Dec 03 10:33:18 UTC 2016
Pages87
Paragraphs823
Words17299

Comments