X hits on this document

284 views

0 shares

0 downloads

0 comments

60 / 94

GUIA DE ESTUDOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO À CARREIRA DE DIPLOMATA

GREGORY, Derek et alli. Geografia Humana. Sociedade, Espaço e Ciência Social. Rio de Janeiro: Zahar, 1996.

MORAES, Antonio Carlos Robert. Território e História no Brasil. 2. ed. São Paulo: Annablume, 2005.

RIBEIRO, Wagner Costa (org.) Patrimônio Natural Brasileiro. São Paulo: EDUSP/Imprensa Oficial, 2004.

SANTOS, Milton. Por uma outra Globalização. Rio de Janeiro:Re­cord, 2000.

________ & SILVEIRA, Maria Laura. Brasil. Território e Sociedade no Limiar do Século XXI. Rio de Janeiro:Record, 2001.

SILVEIRA, Maria Laura (org.). Continente em Chamas. Globalização e território na América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

THÉRY, Hervé & MELLO, Neli Aparecida. Atlas do Brasil. Disparida­des e dinâmicas do território. São Paulo: EDUSP, 2005.

A título de orientação, para os candidatos que desejarem aprofundar o estudo da matéria, sugerem-se as seguintes leituras adicionais:

BECKER, Bertha et alli. Geografia e meio ambiente no Brasil. 2.ed. São Paulo:Hucitec.1995.

CASTRO, Iná Elias et alli. Explorações geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand, 1997.

LENCIONE, Sandra. Região e geografia. São Paulo: EDUSP, 2003.

MAGNOLI, Demétrio. O corpo da pátria. São Paulo: Moderna/EDUNESP, 1997.

MORAES, Antonio Carlos Robert. Bases da formação territorial do Brasil. São Paulo:Hucitec, 2000.

MORAES, Antonio Carlos Robert. Contribuição para a gestão da zona costeira do Brasil. São Paulo: HUCITEC/EDUSP, 1999.

RIBEIRO, Wagner Costa. A ordem ambiental internacional. São Paulo: Contexto, 2001.

SOUZA, Maria Adelia Aparecida (org.). Território brasileiro: usos e abusos. Campinas: Territorial, 2003.

Prova de 2005

Questão 1

Estabeleça um quadro panorâmico e comparativo entre as potencialidades da hidroeletricidade e da termoeletricidade no Brasil.

Alvaro Augusto Guedes Galvani (20/20)

A definição de novas estratégias para o desenvolvimento econômico brasileiro passa, necessariamente, pelo debate sobre sua matriz energética. Destaca-se nessa agenda a avaliação de potencialidades da hidroeletricidade e termoeletricidade no país, tarefa que vai além de cálculos sobre a capacidade de oferta. Faz-se necessária uma análise histórica do tema, bem como aspectos relacionados à demanda por energia no futuro e os riscos

Document info
Document views284
Page views287
Page last viewedFri Dec 09 23:50:25 UTC 2016
Pages94
Paragraphs1332
Words41002

Comments