X hits on this document

PDF document

Porto Alegre, janeiro de 2006 - page 74 / 82

306 views

0 shares

0 downloads

0 comments

74 / 82

Hélio Riche Bandeira, Mestre em Educação, PUCRS * www.padilla.adv.br/desportivo/artesmarciais * p.74

Portanto, segundo Araújo (2005, p. 23), “quanto mais se conhece sobre arte marcial, mais se percebe que estas artes de guerra são na verdade artes da paz e para a paz”.

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Uma longa jornada começa com um único passo.

(Lao-Tsé, escrito chinês)

Este pensamento de Lao-Tsé conduz a reflexão de que ao chegarmos nesta etapa da pesquisa não podemos considerar como terminada a jornada, mas como tendo sido dado o primeiro e importante passo na busca de uma verdadeira caminhada. Evidentemente, chega-se neste intento aliviado, por estar concluindo uma difícil embora prazerosa etapa, mas também com o espírito ávido em dar continuidade às inquietações e reflexões que a presente pesquisa trouxe.

Após trilharmos por estas páginas que discorrem sobre: o karate visto como uma arte marcial espiritual embasada na cultura oriental, as conceituações e relacionamentos da agressividade e violência no meio escolar e nos esportes e as dimensões emergentes das análises das percepções dos entrevistados juntamente com a discussão teórica sobre agressividade e violência, podemos acreditar que existem caminhos para a construção de um ser humano mais integral e que consiga viver em harmonia com seus semelhantes.

A partir da construção desta Dissertação, isto é, das falas e de nossas reflexões e do uso de autores em que nos fundamentamos, podemos vislumbrar novos horizontes a serem conscientizados, refletidos e percorridos a partir das seguintes conclusões levantadas:

  • A crescente onda de violência que somos submetidos diariamente decorre, principalmente, do

estresse causado pelo ritmo agitado do mundo moderno, da pouca tolerância e controle para enfrentarmos situações de conflito, da visão materialista e competitiva que a sociedade nos impõe e das mais diversas formas de injustiça. A violência é, portanto, uma das mais inquietantes preocupações que precisamos enfrentar para construirmos um ambiente no qual o ser humano possa conviver e prosperar com harmonia e felicidade.

  • A escola, como parte integrante da sociedade, também deixou de ser um local seguro e de

integração social e vem se transformando num ambiente de constantes ocorrências violentas. Portanto, para se mudar esta situação e encontrarmos caminhos para a construção de culturas de paz no atual meio escolar, devemos buscar medidas tais como: a criação de uma conscientização do fenômeno da violência e suas conseqüências, a melhora do diálogo entre professores e alunos, o despertar de uma maior motivação e a implantação de uma visão mais espiritualizada no ambiente escolar.

  • Contrapondo a violência atual, diversos movimentos, entidades e até indivíduos começam a

procurar meios para combater ou diminuir este mal. Os esportes e as artes marciais, em particular, são excelentes opções de caminhos para atingirmos estes objetivos. E, dentre as artes marciais, a pesquisa elegeu o karate para conduzir as percepções dos entrevistados e vislumbrar as influências que este pode conduzir na construção de culturas de paz, busca de uma melhor saúde e construção de um ser mais harmônico e integral.

  • O karate é uma arte marcial que busca uma simbiose da cultura oriental com a cultura

ocidental, com destaque, principalmente, na conscientização da busca de uma visão mais espiritualista para contrapor com a nossa cultura extremamente materialista. A importância do conhecimento e da

Document info
Document views306
Page views306
Page last viewedSat Jan 21 09:00:41 UTC 2017
Pages82
Paragraphs1591
Words42749

Comments