X hits on this document

134 views

0 shares

0 downloads

0 comments

24 / 40

ver a verdade da evidência bíblica. Eles são espiritualmente obscurecidos e prejudicados; não podem ver a verdade. São espiritualmente mortos; não podem ouvir a voz de Deus falando em todos os limites.17

2. A Bíblia é plenamente inspirada pelo Espírito Santo

Cremos que a Escritura Sagrada é plenamente inspirada.18 Isto significa que o Espírito Santo exerceu soberanamente uma influência suficiente e completa estendendo-se a todas as partes das Escrituras, conferindo-lhes uma revelação autorizada de Deus, de modo que as revelações vieram a nós por intermédio da mente e da vontade de homens, todavia, elas são no sentido estrito, a Palavra de Deus. Esta influência do Espírito Santo que envolveu os escritores sacros, estendeu-se não somente aos seus pensamentos gerais, mas também a todas as palavras que eles usaram, de modo que os pensamentos que Deus desejou revelar-nos foram conduzidos com infalível exatidão. Não foram inspirados apenas os seus pensamentos, mas cada palavra original que os autores usaram.

Esta inspiração se estende não somente ao texto, mas afetou organicamente o seu autor, no momento do registro da revelação. Os escritores foram os instrumentos de Deus no sentido de que aquilo que eles disseram, foi de fato o que Deus disse. No ato da inspiração o Espírito não anulou o escritor, mas agiu em, com e através de sua personalidade. O Espírito de Deus não inspirou os autores como se fossem máquinas, anulando a sua liberdade, responsabilidade e capacidades mentais, mas escreveu através deles (2 Pe 1:16-21). Cada autor viveu numa situação social específica, num contexto histórico real, escrevendo com preocupações particulares, para destinatários e propósitos definidos, em seus escritos inspirados percebemos, inclusive, que eles foram influenciados pelo condicionamento situacional em que estavam vivendo. Mesmo havendo na Bíblia a diversidade literária, lingüística, e estilo próprio de cada autor, isto não anula que ela tenha fonte numa única mente, e que o Espírito Santo seja o seu autor primário (2 Pe 1:19-21; Rm 11:33-36). O Dr. A.A. Hodge descreve como a inspiração ocorreu sobre os autores.

Os escritores de todos os livros eram homens, e o processo de composição que lhes deu origem era, caracteristicamente, processo humano. As características pessoais do modo de

17 Calvin Knox Cummings, Confessing Christ (Suwanee, Great Commission Publications, 2004), p. 16.

18 Lorraine Boettner, Studies in Theology, p. 11

Document info
Document views134
Page views134
Page last viewedThu Jan 19 21:48:29 UTC 2017
Pages40
Paragraphs812
Words12044

Comments