X hits on this document

99 views

0 shares

0 downloads

0 comments

26 / 40

alegar incapacidade de entender a lei de Deus? Se a Palavra de Deus fosse absolutamente obscura, então Deus não poderia condenar os pecadores que ouvem a sua Palavra, pois eles poderiam alegar que nada entendem! A Escritura tem em si mesma uma clareza que garante a inteligibilidade da sua mensagem.20

Não se nega que as Escrituras contenham muitas coisas de difícil entendimento. É verdade que elas requerem estudo cuidadoso. Todos os homens precisam da direção do Espírito Santo para o correto entendimento e obtenção da verdadeira fé. Afirma-se, porém, que em todas as coisas necessárias à salvação, elas são suficientemente claras para serem compreendidas mesmo por aqueles que tiveram pouca formação escolar.21

Toda verdade necessária para a nossa salvação e vida espiritual é ensinada tanto explícita como implicitamente na Escritura.22 Tudo o que é necessário para a salvação e uma vida de obediência é inteligível para qualquer pessoa, mas ela somente terá certeza absoluta do seu dever pessoal de obedecer à Palavra de Deus se for iluminada pelo Espírito Santo (1 Ts 2:13; 1 Pe 1:22-25).

4. A Bíblia é inerrante em todas as suas afirmações

Por ter sido escrita por homens sujeitos aos equívocos, alguns incrédulos (e até alguns pastores) afirmam que a Escritura Sagrada também contém erros. Todavia, estas pessoas ao negarem a inerrância das Escrituras estão fazendo da mente humana um padrão de verdade mais elevado do que a própria Palavra de Deus. O que encontramos na Bíblia são “aparentes contradições”, ou afirmações incompreendidas, que podem ser coerentemente harmonizadas com uma interpretação cuidadosa (Hb 6:18; Jo 17:17). O fato, de que não consiga entender uma verdade, não significa que ela não seja real, tenho que considerar a limitação do meu conhecimento e a falibilidade de minha mente em pensar corretamente.

A doutrina da inerrância não é recente como alguns pensam. Os reformadores criam firmemente nela. Um antigo teólogo chamado Francis Turrentin (1623-1678) observou que “os escritores sacros foram movidos e inspirados pelo Espírito

20 Paulo Anglada, Sola Scriptura A Doutrina Reformada das Escrituras (São Paulo, Editora Os Puritanos, 1998), p. 86.

21 Charles Hodge, Teologia Sistemática (São Paulo, Ed. Hagnos, 2001), p. 137.

22 John MacArthur, Jr., Sola Scriptura (São Paulo, Ed. Cultura Cristã, 2000), p. 210.

Document info
Document views99
Page views99
Page last viewedWed Dec 07 12:56:09 UTC 2016
Pages40
Paragraphs812
Words12044

Comments