X hits on this document

112 views

0 shares

0 downloads

0 comments

9 / 40

Alguns chamam de pré-evangelismo a instrução de doutrinas básicas da fé cristã. O pré-evangelismo é ao mesmo tempo didático como apologético. É didático porque se propõe a estabelecer as doutrinas fundamentais sobre o trino Deus, o que é a Bíblia, pecado, graça, perdão, expiação, céu, inferno, e tantas outras palavras chaves que preparam o evangelizado para receber a verdade integral para a sua vida. O chamado missionário de Ashbel G. Simonton ocorreu no Seminário Teológico Princeton (14/10/1855), quando num sermão o Dr. Charles Hodge “falou da necessidade absoluta de instruir os pagãos antes de poder esperar qualquer sucesso na propagação do Evangelho e mostrou que qualquer esperança de conversões baseada em obra extraordinária do Espírito Santo comunicando a verdade diretamente não é bíblica.”10

Vivemos numa sociedade pós-moderna onde não basta apenas dizer: arrependa-se e creia em Cristo. É possível que no decorrer dos estudos se descubra que o discípulo carrega consigo uma carga enorme de conceitos estranhos e talvez anticristãos que recebeu em sua formação. É necessário redefinir palavras com fidelidade a Escritura.

2. Formação de caráter

Como vimos na definição, este aspecto do objetivo será o de implantar no discípulo um caráter que mais se aproxime da imagem de Jesus Cristo (Rm 8:29). Portanto, não é algo a ser aplicado apenas a um cristão menos experiente; ou com pouca idade, ou com pouco ou muito tempo de igreja, pouca ou muita experiência de vida. Mas sim, cristãos comprometidos e humildes o suficiente para reconhecer que ainda necessitam de transformação. A santificação é progressiva. Conseqüentemente, se relacionarão melhor (At 2.42-47). Esta divisão é imprescindível para prosseguirmos com as outras duas seguintes.

3. Evangelização pela amizade

A evangelização eficaz acontece através da amizade. Pessoas que demonstram o amor de Cristo, que se preocupam umas com as outras, são pessoas que cuidam umas das outras. O papel do discipulado é explicar o “porquê” desse cuidado e comunhão. A transformação pessoal através de relacionamentos ocorre quando o amor de Deus é manifestado através dos seus filhos (Jo 17:20-23). Existe uma legítima

10 A.G. Simonton, Diário (Casa Editora Presbiteriana, 1982), p. 106.

Document info
Document views112
Page views112
Page last viewedSat Dec 10 11:36:00 UTC 2016
Pages40
Paragraphs812
Words12044

Comments