X hits on this document

483 views

0 shares

0 downloads

0 comments

135 / 214

Teresa

Poema-paródia do texto lírico e  romântico de Castro Alves chamado O "adeus" de Teresa. Antilírico, o poeta revela distância da idealização, seja no plano físico, seja no sentimental. A Teresa de Bandeira não desperta nenhum tipo de paixão no primeiro encontro (como a de Castro Alves). Pelo contrário, a visão que o eu-lírico tem dela é bastante negativa. Aos poucos, porém, ele começa a perceber certos encantos de Teresa, para, no final, não ver mais nada e sentir-se apaixonado por ela.

Document info
Document views483
Page views483
Page last viewedSun Dec 04 06:34:15 UTC 2016
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments