X hits on this document

768 views

0 shares

0 downloads

0 comments

163 / 214

Momento num café

Ressalte-se ainda que o cadáver é morto para o senso comum, e matéria para o solitário. A revelação que este tem faz com que ele veja a morte como uma libertação da vida, uma vez que “é um agitação feroz e sem finalidade”, estando a matéria livre da “alma extinta”, livre da “vida besta”, o que contraria o pensamento comum, baseado na visão cristã da vida.

Document info
Document views768
Page views768
Page last viewedSat Jan 21 09:05:44 UTC 2017
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments