X hits on this document

620 views

0 shares

0 downloads

0 comments

20 / 214

Ao mesmo tempo, em unidade indissociável, a obra de Bandeira representa a mais longa convivência com a morte, de toda a poesia brasileira. Sem ser dominado pelo desespero, sem ser possuído pelo medo, sem dramatizações retóricas. Com amadurecida amargura. Com ironia e auto-ironia melancólicas. Com sofrida serenidade. Com nostalgia da vida que poderia ter sido e que não foi.

Document info
Document views620
Page views620
Page last viewedSat Dec 10 14:43:53 UTC 2016
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments