X hits on this document

703 views

0 shares

0 downloads

0 comments

23 / 214

Além disso, revela-se um dos mais versáteis e flexíveis fazedores de versos do modernismo brasileiro. Suas estruturas de métrica e de ritmo vão desde as mais libertárias experiências de verso livre, dos fluxos mais soltos e irregulares até as estruturas mais tradicionais, de verso em redondilhas da lírica medieval, dos versos decassílabos clássicos e neoclássico e outros combinados com variadas formas fixas de estrófica regular, como sonetos, canções etc. Um fazedor de versos e estrofes extremamente versátil, com raro domínio técnico e com grande erudição, capaz de traduzir de várias línguas, e de escrever à moda de, imitando estilos, os mais diversos textos e autores.

Document info
Document views703
Page views703
Page last viewedWed Jan 18 11:00:33 UTC 2017
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments