X hits on this document

469 views

0 shares

0 downloads

0 comments

4 / 214

Nessa fase é que inicia-se realmente a produção poética de Manuel Bandeira, conforme explica o crítico Davi Arrigucci Jr.: "A poesia de Bandeira (..) tem início no momento em que sua vida, mal saída da adolescência, se quebra pela manifestação da tuberculose, doença então fatal. O rapaz que só fazia  versos por divertimento ou brincadeira, de repente, diante do ócio obrigatório, do sentimento de vazio e tédio, começa a fazê-los por necessidade, por fatalidade, em resposta à circunstância terrível e inevitável".

Document info
Document views469
Page views469
Page last viewedSat Dec 03 16:24:06 UTC 2016
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments