X hits on this document

695 views

0 shares

0 downloads

0 comments

60 / 214

OS SAPOS

SIMBOLOGIA DOS SAPOS:

O sapo-tanoeiro, o sapo-boi e o sapo-pipa formam o grupo de poetas parnasianos (ironizados por Bandeira).

O sapo-cururu, alheio aos parnasianos, pode representar  o poeta não-parnasiano que não compartilha o mesmo tipo de poesia.

Document info
Document views695
Page views695
Page last viewedTue Jan 17 22:08:47 UTC 2017
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments