X hits on this document

534 views

0 shares

0 downloads

0 comments

72 / 214

Meninos carvoeiros

Talvez a resposta possa estar assentada no desenvolvimento de um outro dom da poesia bandeiriana, ou seja, enxergar a infância através do olhar ao mesmo tempo emocionado e crítico do adulto, mas compreendendo-a tão de perto e tão intensamente como se a infância fosse um momento cristalizado em si e para si. Esse olhar lírico por sobre a miséria talvez descompense para o poeta o seu aspecto social.

Document info
Document views534
Page views534
Page last viewedWed Dec 07 10:45:31 UTC 2016
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments