X hits on this document

546 views

0 shares

0 downloads

0 comments

88 / 214

LIBERTINAGEM (1930)

LIBERTINAGEM é, segundo Mário de Andrade, um livro de cristalização. Não da poesia de Manuel Bandeira, pois este livro confirma a grandeza de um dos nossos maiores poetas, mas da psicologia dele. É o livro mais indivíduo Manuel Bandeira de quantos o poeta já publicou.

Document info
Document views546
Page views546
Page last viewedThu Dec 08 00:32:48 UTC 2016
Pages214
Paragraphs568
Words15987

Comments