X hits on this document

Word document

D1. HISTÓRIA E INTRODUÇÃO ÀS ARTES - page 19 / 21

54 views

0 shares

0 downloads

0 comments

19 / 21

no surgimento dessa linguagem no Brasil, na primeira Bienal de São Paulo em 1951.

· Abstracionismo – A arte abstrata que originou do cubismo e fauvismo, deve sua criação a

dois artistas russos: Vassily Kandinsky e Kasimir Malevitch. O uso de formas

simplificadas, essenciais, como nas esculturas de Brancusi, era outra característica desse

estilo. Pode ser geométrico ou informal. A identificação com as pinturas de retângulos de

cores intensas de Piet Mondrian com o concretismo, era o estilo geométrico. A

caracterização de manchas de cor e gestos de pincel, buscando expressar sensações

subjetivas em composições livres, era o estilo informal. O pioneiro desse estilo foi o

americano Jackson Pollock, inventor da action-painting (pintura de ação) que era feita de

respingos escorridos de tintas. Na França, esse estilo era chamado de “Tachismo”.

· Surrealismo – Em 1924 na França, pelo poeta e crítico de arte Breton, surge o Surrealismo.

Foi influenciado com as descobertas das forças inconscientes do pensamento por Freud.

Fascinados pela simbologia dos sonhos, os surrealistas queriam atingir o clima fantástico

em suas pinturas, através do fluxo das idéias e com eliminação do controle da razão. Salvador Dali, espanhol, foi o mais famoso. Entre outros nomes, temos: os belgas René Magritte e Paul Delvaux; pintura metafísica era o nome dado na Itália e foi representado

por Giorgio de Chirico. Os surrealistas em sua maioria, optaram por um realismo mais

detalhado da arte acadêmica.

19

· Concretismo – As formas geométricas simples, como quadrados, triângulos e círculos em

composições planejadas, deu início a uma arte abstrata chamada Concretismo. Este termo,

criado em 1930 pelo pintor holandês Theo Van Doesburg, tem como exemplo, a série de

pinturas em homenagem ao quadrado do alemão Josef Albers.

· Arte Pop – Na Grã-Bretanha nos fins dos anos 50 e florescendo no início dos anos 60 nos

EUA, aparece a Arte-Pop. Utilizava imagens simples com figuras de publicidade, histórias

em quadrinhos e tela de cinema. O inglês Richard Hamilton foi um dos pioneiros, mas o

mais famoso representante foi o americano Andy Warhol; Jasper Johns criou telas com a

bandeira americana; Roy Lichtenstein usava imagens ampliadas de histórias em quadrinhos,

etc.

· Minimalismo – Era a chamada arte mínima. O mínimo de recurso e simplificação da forma

era a expressão a ser buscada. Surgiu no final da década de 50, sendo o francês Ives Klein,

um dos pioneiros. Ives Klein, é também um dos pioneiros da Body-Art (arte do corpo). Já

em 1970, nasceu a arte povera (arte pobre), que trabalha com materiais com processo de

transformação natural, como o metal enferrujado.

· Arte Conceitual – Foi uma tendência criada por Joseph Kosuth no início dos anos 50, onde

visava produzir idéias. Fotos, textos, diagramas, mapas e vídeos, era a diversidade de

recursos que usava para tirar o espectador de uma observação passiva.

Document info
Document views54
Page views54
Page last viewedSun Dec 04 14:18:38 UTC 2016
Pages21
Paragraphs661
Words8419

Comments