X hits on this document

Word document

o começo da tarde do dia 10 de maio de 1996, Jon Krakauer alcançou o cume do Everest, ... - page 97 / 128

552 views

0 shares

1 downloads

0 comments

97 / 128

depois, vi que ela estava deitada de costas, a neve soprando em seu capuz. Não sei como, mas ela perdera uma luva — a mão direita estava nua e os dedos enrolados tão aperta­dos que era impossível endireitá-los. Parecia que estavam congelados até os ossos."

"Presumi que estivesse morta", continua Madsen. "Mas aí, um pouco depois, ela se mexeu, de repente, e eu levei um susto danado: ela arqueou o pescoço ligeiramente, como se estivesse tentando se sentar, o braço direito subiu e foi tudo. Yasuko deitou de novo e não se mexeu mais."

Assim que Boukreev encontrou o grupo, percebeu que só poderia levar um alpinista de volta por vez. Estava carregando uma garrafa de oxigênio, que ele e Madsen atarraxaram na máscara de Pittman. Depois Boukreev acenou para Madsen que voltaria assim que possível e come­çou a levar Charlotte Fox de volta ao acampamento. "Depois que par­tiram", diz Madsen, "Beck estava todo enrolado em posição fetal, imó­vel, e Sandy enrascada em meu colo, também sem se mover muito. Eu gritei com ela: 'Ei, continue mexendo as mãos! Deixa eu ver suas mãos!'. E quando ela sentou e tirou as mãos para fora, vi que estava sem nada — que [as luvas] estavam penduradas no pulso."

"E aí lá estou eu tentando enfiar as mãos dela dentro das luvas de novo quando, de repente, Beck resmunga: 'Já sei, já planejei tudo'. Depois ele meio que rolou um pouco mais adiante, subiu numa pedra e ficou em pé, de frente para o vento, com os braços abertos. Um segun­do depois, veio uma rajada de vento que o derrubou em algum lugar, fora do alcance de minha lanterna. E foi a última vez em que o vi."

"Toli voltou pouco depois disso e pegou Sandy. De modo que eu arrumei minhas coisas e fui atrás dos dois, tentando seguir as lanternas de Toli e Sandy. Àquela altura imaginei que Yasuko estava morta e que Beck era caso perdido." Quando finalmente chegaram ao acampamen­to eram 4h30 da manhã e o céu estava começando a clarear acima do horizonte oriental. Ao ficar sabendo, por intermédio de Madsen, que Yasuko não agüentara, Beidleman chorou durante 45 minutos dentro da barraca.

16

Colo sul

6h00

11 de maio de 1996 7900 m

Desconfio dos resumos, de todo e qualquer vôo superficial pelo tempo, de qualquer reivindicação grandiosa de que estamos no controle daquilo que narramos; para mim, quem declara enten­der permanece, entretanto, obviamente calmo, quem afirma escrever com a emoção reconstruída na tranqüilidade é um tolo e um mentiroso. Compreender é tremer. Relembrar é reentrar e rachar-se. [...] Admiro o direito de se pôr de joelhos diante do evento.

Harold Brodkey

"Manipulations"

Stuart Hutchison finalmente conseguiu me acordar às 6h00 do dia 11 de maio. "Andy não está na barraca", disse-me, com ar soturno, "e tam­bém não parece estar em nenhuma outra barraca. Acho que não voltou."

"Harold não voltou?", perguntei. "Não tem como. Eu o vi andan­do rumo ao acampamento." Chocado e confuso, pus as botas e saí às pressas para procurar Harris. O vento continuava feroz — forte o bastante para me derrubar várias vezes — mas a manhã estava clara, bri­lhante, e a visibilidade perfeita. Procurei por toda a metade ocidental do colo sul durante mais de uma hora, espiando por trás das rochas e metendo o nariz debaixo de barracas esfarrapadas e abandonadas havia muito, todavia não achei nenhum vestígio de Harris. A adrenalina cor­ria à toda pelas minhas veias. As lágrimas me inundavam os olhos, congelando e fechando instantaneamente as pálpebras. Como é que Andy podia ter desaparecido? Era impossível.

Fui até o local onde Harris escorregara gelo abaixo, pouco acima do colo, e refiz, de maneira metódica, a rota que ele seguira em direção ao acampamento, a qual acompanhava um sulco quase plano de gelo. Na altura em que o vi pela última vez, quando as nuvens baixaram, uma curva fechada para a esquerda teria levado Harris até as barracas depois de uns doze ou quinze metros através de uma elevação de rocha.

Document info
Document views552
Page views680
Page last viewedSat Dec 10 11:38:53 UTC 2016
Pages128
Paragraphs1519
Words87495

Comments