X hits on this document

601 views

0 shares

0 downloads

0 comments

144 / 184

CONSIDERAÇÕES SOBRE A PEREGRINATIO AETHERIAE

grandis, ingens, infinitus, cujo emprego Etéria parece não distinguir. Magnus ocorre apenas 4 vezes, em 3 das quais está intensificado por tam: “tam magnum”, “tam magna”, como o português “tamanho”, “tamanha”. Na outra ocorrência modifica flumen.

Uma cuidadosa análise estilística poderia descobrir aqui ou ali matizes semânticos que justificam a escolha do adjetivo. Contudo, num grande número de exemplos, os adjetivos parecem intermutáveis. É o seguinte o emprego daqueles adjetivos na Peregrinatio:

grandis (21): lapis, labor, ecclesia, locus, gratiam (beleza), uallis, come, vicus, monticulus (!), tumbae, fundamenta (pl.), vita, aqua, reverentia, campus, mora, atrium.

ingens (18): uallis, petra, lapis, statua, aqua, mons, flumen, ecclesia, fluuius, uicus, murus, candela.

infinitus (15): labor, ruina, campus, torrens (Iordanem), gratiae (=graça de Deus), lumen, uox, turba, uallis, fines, lapis, luminaria (pl), mons.

magnus (4): flumen, labor, turba, mons.

A esse propósito, o confronto dos 10 nomes de maior freqüência é interessante e nos revela sem muito esforço a causa dessas ocorrências dos adjetivos. São eles:

a) substantivos: locus, dies, episcopus, ecclesia, Deus, mons, oratio, hora, ciuitas, ymnus (hymnus);

Document info
Document views601
Page views601
Page last viewedSun Dec 11 04:41:19 UTC 2016
Pages184
Paragraphs1442
Words33413

Comments