X hits on this document

704 views

0 shares

0 downloads

0 comments

20 / 184

CONSIDERAÇÕES SOBRE A PEREGRINATIO AETHERIAE

Contribuição para o estudo diacrônicoda língua portuguesaem Perigrinatio Aetheriae

Entre nós, estudiosos da história da língua portuguesa, mais propriamente da sua história externa, é pacífica a afirmação de que a sua origem mediata é o latim vulgar. Justifica-se tal afirmação não só pelas semelhanças fonéticas, léxicas, morfológicas e sintáticas, mas, sobretudo, pelo fato de a origem imediata da língua portuguesa estar relacionada a romanços – usos orais –, que se desenvolveram a partir do processo de dialetação da língua latina na Península Ibérica após a queda do Império Romano.

Contudo, não é pacífico entre os latinistas, romanistas e lingüistas o conceito de latim vulgar, como bem observa o eminente latinista, Rosalvo do Valle, nestas suas Considerações sobre a Perigrinatio Aetheriae, que muito me honra prefaciar.

De fato, são merecedores de ênfase as observações e os comentários sobre o fenômeno oral em língua latina,

Document info
Document views704
Page views704
Page last viewedFri Jan 20 22:25:37 UTC 2017
Pages184
Paragraphs1442
Words33413

Comments