X hits on this document

470 views

0 shares

0 downloads

0 comments

85 / 184

CONSIDERAÇÕES SOBRE A PEREGRINATIO AETHERIAE

possessio, praedicatio, processio, profectio, pronuntiatio, ratio, reprehensio, repromissio, resurrectio, regio, religio, salutatio, sorbitio, temptatio, visio.

Etéria oferece com relação aos “nomina actionis” em tio, um excelente exemplo da vitória do latim na luta em busca da expressão do abstrato, vitória definitivamente assegurada com os escritores cristãos. Trata-se de “vestra affectio”, fórmula de tratamento atestada sete vezes, pela qual a peregrina se dirige às suas “dominae sorores” ou “venerabiles sorores”.

Poderíamos dizer simplesmente que se trata de uma metonímia: a designação de uma pessoa por uma de suas qualidades mais representativas. Preciosíssima metonímia, quando se pensa na primitiva indigência de uma língua de pastores que chega a exprimir as mais agudas idéias do pensamento abstrato. Em “vestra affectio” vê-se claramente a origem latina das fórmulas de tratamento românicas “Sua Santidade”, “Sa Sainteté” etc. (Marouzeau, 1949, p. 123-124)

Com esses nomes convém confrontar os substantivos em –tus, -sus, genitivo -us, derivados de verbos, confronto para o qual Marouzeau já chamou a atenção (ibidem, p. 42-44 e 48-56) ao estudar o comportamento dos autores em face de oposições como as que a Peregrinatio nos oferece em actus/actio, affectus/affectio. Essa oposição, que favorecia as palavras em –tus diante de dificuldades que o final –tio oferecia à métrica datílica, vai-se firmando através da história

Document info
Document views470
Page views470
Page last viewedSat Dec 03 23:10:09 UTC 2016
Pages184
Paragraphs1442
Words33413

Comments