X hits on this document

594 views

0 shares

0 downloads

0 comments

95 / 184

CONSIDERAÇÕES SOBRE A PEREGRINATIO AETHERIAE

decurrere, deducere, deferre, deputare; edocere, egredi, eicere, elaborare, excidere, excipere, exire; incumbere, incipere, incurrere, immorari; perdicere, perambulare, percurrere, perexire; recedere, recipere, referre, regredi, remanere, rescribere.

O prefixo servia especialmente para dar ao verbo simples um sentido novo: ire “ir”, exire, abire “sair”, “partir”, inire “entrar”. Com isto, é um dos meios de comunicar ao processo verbal diferentes aspectos: facere “fazer”, perficere “fazer até o fim”, “terminar”. A consciência da formação vocabular leva os especialistas a esse processo de metanálise pelo qual tentam depreender o sentido de uma palavra partindo dos elementos constitutivos. Mas os usuários da língua, especialmente quando a utilizam para os fins imediatos da comunicação oral, não têm presentes essas sutilezas. Então, paradoxalmente ao gosto pelas “formas cheias”, “esvaziam”-nas quando, perdida ou esquecida a função do prefixo, empregam indistintamente formas simples e prefixadas, ou, por um processo que alguns especialistas chamam de supercomposição (Väänänen, 1963, p. 100), recorrem a mais um prefixo. Väänänen diz que os verbos supercompostos proliferam na baixa latinidade. Na Peregrinatio exemplos dessas formações: perexire, pertransire, peraccedere, perdescendere, perdiscoperire, persubire, reingredi.

Document info
Document views594
Page views594
Page last viewedSat Dec 10 23:06:13 UTC 2016
Pages184
Paragraphs1442
Words33413

Comments