X hits on this document

507 views

0 shares

0 downloads

0 comments

117 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

aprendizado e aprender sem direção é uma tarefa inglória. Conhecimento pressupõe ação.

Uma instituição não cria conhecimentos sozinha (NONAKA, 1997). O conhecimento é criado por pessoas, portanto uma organização precisa de gente para criar e gente trabalhando em equipe. Um programa que pretende atingir seus objetivos não pode prescindir da capacitação dos recursos humanos neles envolvidos, nem tampouco da supervisão constante do trabalho. Exige envolvimento, criatividade, ousadia e sobretudo compromisso. O trabalho  há que ser em conjunto entre todos os envolvidos no processo educativo, respeitando-se os interesses individuais e os ritmos diversificados de cada educando.

A educação acontece na escola e fora dela. A educação será eficaz desde que  professores e alunos tomem consciência do grande alcance dos processos informais de educação e que os levem em consideração ao desenvolverem suas atividades, buscando a coerência entre o dizer e o fazer, entre o pensar e o agir, entre o sentir e o falar.

Assim, conforme diz PRETTO (1999), “cada escola pode transformar-se em um centro de produção de cultura e conhecimento e não simplesmente num espaço de reprodução pura e simples de um saber sistematizado e dominante.”

Segundo PINTO, (2000, p.73) “ o ponto de partida do processo formal da instrução não é a ignorância do educando e sim, ao contrário, aquilo que ele sabe, a diferença de procedimento pedagógico se origina da diferença do acervo cultural que possuem a criança e o adulto no momento em que começam a ser instruídos pela escola.” Assim, os professores que ingressam na educação de jovens e adultos precisam refletir com relação aos pressupostos teóricos metodológicos e  o compromisso com a educação de jovens e adultos e à postura de pesquisador.

Conforme ROMÃO (2000, p. 69),  “ para não ficar apenas no cotejo dos conteúdos escolares e os códigos culturais locais e sociais, necessita-se entender a reflexão sobre todas as relações do professor com o aluno.”

A pretensão em levantar algumas questões  da educação de jovens e adultos e também refletir a respeito dos  envolvidos no preparo da formação de professores que atuam com esses alunos, foi para que todos  possam discutir criteriosamente os limites e as possibilidades da ação desse professor.                

GIROUX  (apud ALVES, 2001, p.48), propõe em síntese:

Document info
Document views507
Page views507
Page last viewedSat Dec 10 13:55:31 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments