X hits on this document

396 views

0 shares

0 downloads

0 comments

125 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

Queremos destacar que as tecnologias utilizadas não são neutras nem autônomas e, principalmente, integram projetos formulados por grupos sociais que lhes imprimem sentidos. Buscamos nesse momento resgatar metafóricamente FREIRE (1976) com o intuito de refletir aqui o uso das tecnologias seja na direção da "servidão ou da emancipação humana". Consideramos que projetos que envolvem a utilização das novas tecnologias na educação, no Brasil, dependem principalmente de um olhar para o contexto educacional com compreensão das diferentes realidades e interdependência entre as diferentes regiões. Mudanças e inovações se fazem necessárias na sociedade brasileira atual, concordamos com SANCHO (1999, p. 03) que "rechaçar as tecnologias e tentar ficar fora do processo; apropriar-se da técnica e transformar a vida em uma corrida atrás do novo" não é a melhor solução. Talvez o melhor seria se tentássemos nos apropriar dos processos, desenvolvendo habilidades que permitam o acesso e o controle das tecnologias e seus efeitos desenvolvendo também competências e o ser nas suas relações humanas.

E o profissional Professor? Qual deve ser o seu perfil? Qual é o seu papel neste momento? O professor em primeiro lugar é um ser humano e, como tal, é construtor de si mesmo e da história nas interações de circunstâncias que o envolvem. Como bem expressa ALONSO (1999, p.31) sobre a formação de professores: “As mudanças necessárias não são tão simples e superficiais, como a utilização de recursos didáticos mais modernos ou a inclusão de disciplinas no currículo; ou contrário, envolvem revisão de conceitos, das bases em que se assenta o ensino e a aprendizagem, da tomada de consciência das novas responsabilidades do educador frente aos desafios da ‘nova era’”. Ou seja, requer um conhecer que o contexto escolar é constituído por seres humanos que necessitam refletir sobre o seu sentir, seu pensar e seu agir para uma mudança educacional, numa situação de respeito ao diferente, um projeto de transformação cooperativo e comprometido.

GARCIA (1999) apresenta contribuições importantes sobre a formação de professores no qual chama a atenção para a necessidade de se considerar tanto o aspecto pedagógico quanto o aspecto organizacional por se constituírem duas dimensões inseparáveis da ação educativa. Para o mesmo autor uma escola em desenvolvimento é aquela que integra o desenvolvimento do professor, do currículo e da gestão escolar orientado para a mudança.

Document info
Document views396
Page views396
Page last viewedSun Dec 04 17:22:22 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments