X hits on this document

414 views

0 shares

0 downloads

0 comments

126 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

Nesta discussão, cabe aqui fazermos uma constatação. Escolas tanto públicas como particulares, com algumas raras exceções, quando se fala em tecnologias na escola, têm se preocupado muito com questões técnicas, de equipamentos deixando de lado o elemento central de qualquer ato pedagógico que é o professor. A incorporação das tecnologias educacionais no fazer diário do professor é bem mais complexa do que se imaginava e, dependem de inúmeras outras variáveis (BRITO E PURIFICAÇÃO, 2002).

Nenhuma intervenção pedagógica harmonizada com a modernidade e os processos de inovação que estão implícitos será eficaz sem a colaboração consciente do professor e sua participação na promoção da emancipação social. NÓVOA (1992, p. 9), diz que “não há ensino de qualidade, nem reforma educativa, nem inovação pedagógica, sem uma adequada formação de Professores”.

PERRENOUD (2000), em seu livro “10 Novas Competências para Ensinar”, expõe claramente que uma das competências se aplica utilizar as novas tecnologias. Pensado na formação de uma nova geração frente às tecnologias e estão trazendo transformações na maneira de viver, de relacionar de pensar. O mesmo autor explicita que “A verdadeira incógnita é saber se os Pedagogos-Professores irão apossar-se das tecnologias com o auxílio ao ensino, para dar aulas cada vez mais bem ilustradas por apresentações multimídia, ou para mudar de paradigma e concentrar-se na criação, na gestão e na regulação de situações de aprendizagem”(2000, p.139). Profissionais que compreendam e sintam-se comprometidos com a educação e estejam conscientes de seu papel em uma sociedade tecnológica.  

Para MORAN (2001) temos uma nova sociedade. “Na sociedade da informação todos estamos reaprendendo a conhecer, a comunicar-nos, a ensinar e a aprender; a integrar o humano e o tecnológico; a integrar o individual, o grupal e o social”.Isso exige um novo aprender, uma reestruturação na formação do professor que se depara com uma gama de informações. Não podemos esquecer, como bem expressa D´AMBROSIO (1998) as qualidades de um professor esta diretamente relacionado ao emocional e afetivo, ao político e ao conhecimento.

Pensando nessas questões sobre a formação do Pedagogo acreditamos ser necessário um trabalho na sua formação acadêmica. Nesse momento histórico brasileiro se valida a disciplina de TICE – Tecnologia da Informação e Comunicação na Educação

Document info
Document views414
Page views414
Page last viewedMon Dec 05 19:07:24 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments