X hits on this document

411 views

0 shares

0 downloads

0 comments

136 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

incluindo observação, montagem, desmontagem, comparação e hierarquização. Chega também à organização de operações mentais da lógica, como: analisar, sintetizar, induzir, deduzir e desenvolver analogias.

Os meios da ação técnica estão impregnados de cultura. São as habilidades que demonstram engenhosidade, talento, ‘savoir-faire’. Cria-se um ambiente em que são organizados modelos os mais diversos, métodos,  procedimentos e receitas para soluções. (BASTOS, 1996, p. 4)

A bagagem cultural e social do indivíduo e do contexto são importantes bases de dados nas quais se pode buscar informações, que possam servir de referencial para se criar um ambiente cultural em que pode acontecer a troca de conhecimento. Esse ambiente deverá ser de troca mútua entre todos os envolvidos, que comungam de mesmos objetivos, embora possam estar desenvolvendo atividades pessoais diferentes. É importante que a escolha do ambiente, das atividades e de outros instrumentos, tenha a participação de todos os envolvidos no processo, principalmente professor e aluno.

Os acontecimentos sociais e todo o seu contexto devem também ser considerados em qualquer metodologia. Comentando sobre as exigências desse tempo em que novos paradigmas surgem em todas as atividades, principalmente quando há o envolvimento de novas tecnologias, BRYAN (1996) chama a atenção para os saberes e habilidades surgidos nos novos tempos, em conseqüência do emprego conjunto de novas tecnologias e a gestão participativa nas empresas. Ele apresenta como especial relevância, dentre outras, as seguintes competências, saberes e habilidades: Iniciativa e autonomia; Cooperação; Trabalho em grupo; Formação mútua; Avaliação do produto do trabalho durante o processo produtivo; Comunicação; Capacidade de raciocínio; Capacidade para resolução de problemas.

Outras competências, saberes e habilidades foram considerados relevantes por BRYAN, mas essas mostram claramente que não se pode prescindir das exigências emanadas da sociedade, quando se planeja e executa qualquer ação educacional, especialmente quando está envolvida uma tecnologia rica como, por exemplo, a computacional.

Tanto BRYAN quanto alguns autores, como RIPPER (1996), LITTO (1996), OLIVEIRA (1997) e WEISS e CRUZ (1998), têm uma preocupação com a capacidade de resolução de problemas e com o desenvolvimento do raciocínio, dentre outras habilidades e competências, que são aspectos que devem ser estimulados e observados no trabalho metodológico de uso do computador na escola. Para garantir que haja

Document info
Document views411
Page views411
Page last viewedMon Dec 05 17:01:29 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments