X hits on this document

517 views

0 shares

0 downloads

0 comments

7 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

crianças  e adolescentes enfrentam enquanto pertencerem ao mundo dos excluídos. Paradoxalmente,  encontram-se excluídas por seu estado de miserabilidade e estão amparadas pela lei como sujeitos plenos de direitos.

Como as crianças  e os jovens irão exercer seus direitos frente a fatos como:  a falta dos “pais físicos”  na renda familiar e na transmissão da identidade3; o despreparo dos adolescentes quando prematuramente se tornam “pais físicos”; o consumo de álcool e outras drogas que  tumultuam as relações de afeto e responsabilidades?

Para os profissionais da educação trabalharem em escolas freqüentadas  por crianças  e jovens fragilizados pelas situações descritas acima e outras tantas,  que “clássicos” direcionam sua maneira de ver, refletir e pesquisar tais desafios educacionais? Como as instituições “Escola e Família” eram anteriormente vistas e como estão sendo pensadas na atualidade? Que experiências feitas no passado devem ser continuadas? Como operacioná-las?

Os grandes pensadores foram, acima de tudo, “homens do seu tempo” que refletiram sobre situações e conflitos de sua época. Certamente, hoje os desafios se apresentam com faces novas. Enfrentá-los com lucidez – “eis a questão”, ou seja,  ter capacidade de contextualizar e englobar os problemas, situando-os com  informações  no seu contexto,  são e sempre foram os grandes desafios da sociedade humana. “Utopias, projetos, valores constituem ingredientes fundadores da idéia de Educação”,  palavra que “sempre teve seu significado associado à ação de conduzir a finalidades socialmente prefiguradas o que pressupõe a existência e a partilha de projetos coletivos”. (MACHADO, 2001, p. 69).  Boaventura de Souza Santos propõe as seguintes reflexões para buscarmos respostas:

“como vejo a totalidade, a realidade social, o fenômeno social total?”   

“o que eu sei da sociedade e o que espero que ela saiba?”

“quais são nossos horizontes de possibilidades?”

“O que é verdadeiramente característico do tempo presente é que, pela primeira vez (...), a crise de regulação social corre de par com a crise de emancipação social” (SANTOS, 2000, p. 35).

3 “Entende-se por identidade a fonte de significado e experiência de um povo”. (CASTELLS, 1999, p. 22)

Document info
Document views517
Page views517
Page last viewedSun Dec 11 06:07:49 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments