X hits on this document

421 views

0 shares

0 downloads

0 comments

80 / 176

PEDAGOGIA EM DEBATE ON LINE – TEXTOS   Livro Virtual

mais chocante de desabrigados protegendo-se em vãos de portas e caixas de papelão...” (HOBSBAWN, 1995, p.396-397).

Neste período, a maior parte das teses e dissertações abordaram os movimentos sociais populares e os dos trabalhadores, no entanto, começa a aparecer de forma crescente as pesquisas sobre os novos movimentos sociais e os movimentos messiânicos e ligados a religião. Em particular, as teses e as dissertações sobre novos movimentos sociais são mais freqüentes a partir da segunda metade dos anos 80 e grande parte delas é defendida nos anos 90.

Anos 90. Apesar de a década anterior ter sido “vivida sob o signo da esperança democrática, encerrou-se, no entanto, com o espetáculo de uma pobreza talvez jamais vista em nossa história republicana. Entramos nos anos 90 vivendo o paradoxo de uma democracia consolidada nas suas instituições e nas regras formais do jogo político, mas que convive cotidianamente com a violência, a violação dos direitos humanos e a incivilidade nas relações sociais.” (TELLES, 1994, p.7). Neste quadro, a alternativa que mais obteve repercussão, junto a parte da população e à elite política, foi a propagada pelos ideólogos do neoliberalismo4.

Na Brasil dos anos 90 destacam-se dois momentos importantes na perspectiva da participação social e política: em 1992, a deposição do Presidente Collor, acusado de corrupção. Em 1994, a eleição para a Presidência, tendo à frente da disputa os candidatos Luís InácioLula da Silva (Partido dos Trabalhadores) e Fernando Henrique Cardoso (Partido Social Democrata Brasileiro), o qual vence a eleição.

Neste período, os movimentos populares e dos trabalhadores, principalmente, passam por um período de menor expressividade pública5. T~em maior visibilidade pública e na mídia, os novos movimentos sociais, tais como os que se movem nas questões de gênero, etárias, étnicas e do meio ambiente, (relacionados à diversidade identitária, cultural, e biológica e, assim, aos chamdos direitos de 3ª e 4ª geração). No Brasil, o Movimento pelo Impeachment, Movimento da Cidadania contra a Fome, Movimento pela Ética na Política, Movimento Viva Rio e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua, por exemplo, que ocorrem nesta década, inscrevem-se no rol destes novos movimentos com a característica peculiar de que, em nossa realidade,

4 Ver, por exemplo: SADER (1995), DRAIBE (1993).

5 O movimento no campo vai contra esta tendência e, com o MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) à frente, pode ser considerado o que mais cresceu em força política nos anos 90

Document info
Document views421
Page views421
Page last viewedTue Dec 06 14:12:10 UTC 2016
Pages176
Paragraphs1648
Words55761

Comments