X hits on this document

PDF document

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TÊNIS - page 3 / 4

10 views

0 shares

0 downloads

0 comments

3 / 4

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TÊNIS

árbitro-geral. O diretor não poderá ser o árbitro geral ou qualquer de seus auxiliares. Ele deverá estar presente no local dos jogos durante todo o torneio, pronto para resolver problemas comunicados pelos jogadores, árbitro-geral e imprensa.

  • 6.

    Fisioterapeuta e Médico: Durante todo o período de realização dos jogos é obrigatória à presença de um fisioterapeuta e de um profissional para atendimento de urgência, com material para primeiros socorros (faixas, “Gelol”, gelo, sacos para gelo, Anti-inflamatórios, etc.).

    • O

      médico deverá estar disponível para atender possíveis chamadas, caso não esteja presente no local. Importante: é de responsabilidade do Árbitro Geral o envio da programação diária, chaves atualizadas e qualquer outra informação referente ao torneio para a CBT, COSAT e ITF, para que sejam efetuadas as devidas divulgações.

E-mails

CBT: penhacarvalho@cbtenis.com.br ou deptecnico@cbtenis.com.br

FASE V

Instalações:

  • 1.

    Sala de arbitragem: sala ampla e privativa para uso exclusivo da arbitragem, equipada com:

    • Telefone/fax: sendo a linha telefônica individual de uso exclusivo do árbitro geral, inclusive para ligações internacionais;

    • Internet Banda-larga;

    • Foto-copiadora;

    • Sistema de Som: para chamada dos jogos e avisos aos jogadores (com microfone na sala da arbitragem);

    • Walk talkies: para as quadras de jogo, árbitro geral, fisioterapeuta e diretor de torneio. Pilhas devem estar disponíveis;

    • Sala de Jogadores: sala de repouso deve ser designada aos atletas;

    • Internet: terminais de computadores com Internet para os jogadores.

Serviços:

  • 1.

    Alimentação: providenciar um cardápio rico em saladas e carboidratos, com preço acessível para jogadores e técnicos. Sendo o almoço no próprio clube e jantar no hotel oficial;

  • 2.

    Transporte: diariamente, sendo o trecho hotel-clube-hotel desde sexta-feira que antecede o Qualifying;

  • 3.

    Encordoador: deverá haver no local do torneio durante toda a semana, iniciando na sexta-feira que antecede o Qualifying. O valor da mão-de-obra deve ser informado antecipadamente;

  • 4.

    Água: Deverá ser providenciada na sala de arbitragem e nas quadras de jogo, desde o Qualifying

  • 5.

    Toalhas (Opcional): poderá ser oferecido toalhas aos jogadores durante os jogos;

  • 6.

    Serviço de fax e telefone para os jogadores: estar disponível para uso dos jogadores que pagarão por suas chamadas, cobrada diretamente no ato do uso;

  • 7.

    Manutenção das quadras: equipe que será responsável pela manutenção e deverá estar à disposição durante todo o torneio;

  • 8.

    Providenciar um assistente para fazer o controle de marcação de quadras de treino, empréstimo de bolas, etc.

Hospedagem dos Atletas:

1. Nestes torneios não existe obrigatoriedade de oferecer hotel, porém é necessário indicar dois hotéis preferencialmente padrão 03 ou 04 estrelas (com preços reduzidos) e uma segunda opção mais em conta para os jogadores. 3

Document info
Document views10
Page views10
Page last viewedTue Dec 06 23:57:48 UTC 2016
Pages4
Paragraphs176
Words1641

Comments