X hits on this document

38 views

0 shares

0 downloads

0 comments

4 / 17

Na tão conhecida passagem de Rm 8:28-30, encontramos Paulo expondo a seqüência lógica da salvação.3 Demonstra como Deus opera a salvação de eternidade a eternidade. Para o apóstolo não há brecha nesta doutrina, que se possa pôr uma cunha e fender esta seqüência. Não é possível afirmar que em alguma circunstância o verdadeiro crente possa perder a sua salvação. Podemos esquematizar as afirmações assim:

  1.todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus (vs.28)

 2.aqueles que foram chamados segundo o Seu propósito (vs.28)

3.aqueles que de antemão conheceu, também predestinou (vs.29)

4.para serem conformes à imagem de seu Filho (vs.29)

5.aos que predestinou, também chamou (vs.29-30)

 6.aos que chamou, também justificou (vs.30)

  7.aos que justificou, também glorificou (vs.30)

O exegeta arminiano I. Howard Marshall, influenciado por seus pressupostos sinergistas, prefere dar outra interpretação ao verso 30. Ele faz uma citação de John Wesley, que por sua vez diz: “aos que justificou – se permanecerem na bondade de Deus (Rm 11:22), serão um dia glorificados”.4 Contudo, não é isso que está escrito! Não é “se permanecerem na sua bondade”, como se isso dependesse da capacidade e incertezas de pecadores oscilantes, mas a própria permanência é uma preservação de Deus. Os “que amam a Deus” continuarão amando, e serão salvos total e finalmente, porque é Deus quem realiza o Seu propósito (Rm 8:28, vide também no cap.9:14-18).

Notemos que o apóstolo diz “também glorificou” que indica um benefício futuro inaugurado. Não há qualquer possibilidade de interromper a salvação que Deus iniciou (Fp 1:6). É uma realização iniciada, todavia ainda não consumada. William Hendriksen comentando o verbo “glorificou” diz que

3 Evitarei aqui, propositalmente, não discutir sobre a controversa Ordo Salutis.

4 I. Howard Marshall, Kept by the Power of God (Minneapolis, Bethany Fellowship, 1975), p. 103

Document info
Document views38
Page views38
Page last viewedMon Dec 05 00:39:25 UTC 2016
Pages17
Paragraphs136
Words5210

Comments