X hits on this document

44 views

0 shares

0 downloads

0 comments

7 / 17

que “todas as coisas” deve ser entendida “num sentido muito mais amplo: tanto coisas materiais, como espirituais; conforme 8:28, onde tem o mesmo significado amplo.”10 Certamente o maior prejuízo seria do próprio Deus. Todo o projeto do Pai seria frustrado. Todo o sofrimento do Filho seria inútil. Toda obra do Espírito Santo seria ineficaz. Quanto você investiu para merecer a sua salvação? Você não tem nenhuma parcela sequer em sua salvação. A Escritura declara que todo o investimento foi exclusivamente de Deus!

A citação que Paulo faz do Sl 44:2211 reforça a continuidade do amor de Deus sobre o seu povo escolhido. O mesmo amor produz os mesmos efeitos em todas as gerações dos filhos de Deus. O amor de Cristo por nós é operante, persistente e indestrutível. Ele sabe o preço de cada salvo. A.T. Robertson comenta que “as circunstâncias mencionadas não induzirão Cristo a amar-nos menos.”12 Já recebemos a garantia de que “tudo coopera” (Rm 8:28). Ele decidiu nos amar e morrer por nós “sendo nós ainda pecadores” (Rm 5:8-10).

Se de fato, já experimentamos os efeitos do amor de Deus, em Cristo Jesus, então permaneceremos guardados por esse amor até o final, sem interrupções. Por implicação podemos entender que Deus não desiste de nós. Pois, se Ele como Pai não nos rejeita (vs.29), se como nosso defensor não mais nos odiará (vs.31); se como Senhor não nos sonega seus graciosos benefícios (vs.32); se como Juiz não nos condenará (vs. 1, 33-34), e sendo Aquele que decidiu nos amar eternamente, não nos despreza, que possibilidade há de perdermos a nossa salvação?

Podemos resumir os versos 35-39 em duas proposições. Primeiro, absolutamente nada poderá nos separar do amor de Deus; e segundo, em todas as circunstâncias, confrontos e condições, somos mais que vencedores em Cristo Jesus. Pois não há nada que seja criado no tempo ou no espaço que possa nos separar da

10 Guilhermo Hendriksen, Comentario al Nuevo Testamento – Exposición de Romanos, p.323

11 Esta citação da Septuaginta encontra-se em Sl 44:23, também no texto hebraico em 44:23.

12 A.T. Robertson,Imágenes verbales en el Nuevo Testamento, (Terrassa, CLIE, 1989), vol. 4, p. 509

Document info
Document views44
Page views44
Page last viewedThu Dec 08 21:26:10 UTC 2016
Pages17
Paragraphs136
Words5210

Comments