X hits on this document

31 views

0 shares

0 downloads

0 comments

8 / 10

ser o de evitar o custo e a demora do retorno que o investimento em P&D gera. Porém, os royalties podem ter também custos bem significativos. Companhias interessadas podem fazer Joint-Venture com empresas de pesquisa, por exemplo, oferecendo sua estrutura de Marketing e de Inteligência de Mercado, para comercializar produtos patenteados por aquelas.

Genéricos: Um Mercado para Quem é Líder em Custos

O mercado de genéricos é extremamente competitivo. Esta rivalidade é devida ao alto poder de barganha dos consumidores que podem optar entre medicamentos de marca (cujas patentes expiraram) e os próprios genéricos (substitutos perfeitos). Estes consumidores, em geral, têm várias opções de produtos idênticos em eficácia e segurança e, desta forma, são profundamente sensíveis a preço, fazendo com que os participantes deste grupo estratégico passem a competir em preço, com maior relevância e, para tanto, a estratégia de liderança em custo é a que melhor se encaixa.

A estratégia de liderança em custos exige a construção agressiva de instalações em escala eficiente, uma perseguição vigorosa de reduções de custo pela experiência, um controle rígido dos custos e das despesas gerais, que não seja permitida a formação de contas marginais dos clientes, e a minimização do custo em áreas como P&D, assistência, força de vendas, publicidade etc.

(Porter, 1986).

A experiência internacional mostra que o mercado de genéricos é altamente competitivo, porém, no Brasil, por ser recente a Lei de Genéricos, este mercado está com crescimento acelerado (76,99% em unidades e 86,35% em valores, segundo dados do Grupo Pró-Genéricos, de setembro de 2002 em relação a setembro de 2001), o que tende a atenuar um pouco, a rivalidade nesta indústria. Um bom exemplo é o Laboratório Medley, empresa brasileira que vem conseguindo expressivo crescimento das receitas, apostando nesta estratégia. Segundo dados da revista Exame - Maiores e Melhores (Julho, 2002) esta empresa teve um crescimento das receitas de 42,3% no ano de 2001, em relação ao ano anterior, um resultado surpreendente quando comparado com a queda de 2,7% na indústria farmacêutica como um todo. O Laboratório Medley foi uma das primeiras empresas brasileiras a apostar no mercado de genéricos e hoje é a maior empresa de genéricos brasileira, tanto em unidades vendidas (27,8% - dados de julho de 2002) quanto em valores (29,4% - dados de agosto de 2002) segundo dados do Grupo Pró-Genéricos.

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os números do mercado farmacêutico brasileiro (Figura 3) mostram claramente uma grande movimentação no sentido de adaptação às novas legislações vigentes: alto crescimento do mercado de genéricos, redução drástica no número de empregados no mercado como um todo, alguns laboratórios iniciando investimento em P&D, algumas empresas tendo fabulosas quedas reais na receita operacional bruta (a Novartis Biociências e a Bristol-Mayers Squibb estão classificadas na Exame - Maiores e Melhores de Julho de 2002, entre as 20 empresas  privadas de capital aberto que mais tiveram queda no ano 2001 em relação ao ano anterior. Nenhuma empresa farmacêutica ficou entre as 20 que mais cresceram). Para sobrevivência neste novo

Document info
Document views31
Page views31
Page last viewedThu Dec 08 14:28:41 UTC 2016
Pages10
Paragraphs154
Words3108

Comments