X hits on this document

Word document

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas ... - page 131 / 160

380 views

0 shares

0 downloads

0 comments

131 / 160

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas de Letras, Ciências Humanas e Ciências Sociais – Ano 03 Nº 05 – 2007

ISSN 1809-3264

80, quando tinham muito destaque, no panorama dos estudos lingüísticos, as pesquisas de línguas estrangeiras instrumentais, que investigavam, com fins didáticos e acadêmicos, as peculiaridades do inglês usado na ciência e na tecnologia.

Para a confecção do Glossário Bilíngüe de Termos dos Contratos do Comércio Exterior, será utilizado um corpus composto de contratos de exportação (impressos convencionalmente em papel e eletronicamente) em inglês e em português. Através da Lingüística de Corpus (LC), serão utilizadas ferramentas computacionais como o WordSmith Tools (WST) e técnicas quantitativas e qualitativas, que permitem identificar aspectos da linguagem especializada com mais eficiência e rapidez, coletando dados necessários a recolha dos termos, e em seguida o preenchimento das fichas terminológicas para a elaboração posterior dos verbetes.

Serão observados os princípios de acessibilidade, atualidade e confiabilidade que asseguram a qualidade do produto Terminográfico do ponto de vista do usuário (Rousseau, 1998, p.3). A acessibilidade implica dizer que o consulente deve encontrar rapidamente o termo que procura adaptado ao nível e situação comunicativa; a atualidade já pressupõe que o usuário deverá contar com uma terminologia atualizada, sem esquecer que tal princípio está ligado ao período de consulta para a extração e compilação do corpus; e por último a confiabilidade intrínseca, pois a terminologia repertoriada deve oferecer garantias de correção, precisão e adequação e que seja reconhecida pelos profissionais da área em pauta, de forma que permita uma comunicação nas duas direções, eficazmente.

A definição da microestrutura é de fundamental importância para a compilação de um glossário, pois, Barbosa (1990, p.152-153) afirma que “uma vez adotado um programa para uma obra lexicográfica, teremos que sustentá-lo ao longo de toda a obra, caso contrário, corremos o risco de empobrecer a qualidade da obra lexicográfica”.

As informações contidas no verbete serão as seguintes:

VERBETE = [+ entrada (termo na língua de partida (LP)) + (enunciado lexicográfico) + (informações gramaticais +/- sinônimo em  língua de partida +/- sinônimo em língua de chegada +/- equivalente + definição + contexto em língua de partida + contexto em língua de chegada +/- remissivas +/- notas.)]

Entrada – considera-se entrada “a unidade lingüística que possui um conteúdo semântico da expressão terminológica na linguagem de especialidade. É o termo propriamente dito, o termo principal.” (Faulstich, 1996, p.10). A apresentação do termo obedece a regras bem definidas: emprego de letras maiúsculas, forma lematizada. Tal forma se apresenta genericamente, ficando o nome e o adjetivo no masculino singular; e o verbo no infinitivo.

Informações gramaticais – categoria gramatical e gênero.

Sinônimo – apresenta os termos que estabelecem uma relação de equivalência semântica com a entrada.

Equivalente – termo em língua Portuguesa.

Definição – apresenta o conjunto de características que descrevem e enunciam uma equivalência do termo definido. É usada para identificar as características intrínsecas e extrínsecas a que ele se refere. A sua redação deve ser uniformizada, no interior do glossário.

A definição há que se situar dentro de um campo nocional ou de uso, corresponderá a uma realidade bem determinada; deverá ser concisa e clara e, sempre que possível constituída por não mais de uma frase; deve ter um enunciado afirmativo; sem circularidade nem ambigüidade; deve buscar a precisão e informação suficiente e necessária.

Document info
Document views380
Page views384
Page last viewedThu Dec 08 09:59:19 UTC 2016
Pages160
Paragraphs2338
Words79461

Comments