X hits on this document

Word document

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas ... - page 30 / 160

349 views

0 shares

0 downloads

0 comments

30 / 160

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas de Letras, Ciências Humanas e Ciências Sociais – Ano 03 Nº 05 – 2007

ISSN 1809-3264

projeto pedagógico conciso e se partir de um diálogo entre prática e reflexão teórica o educador poderá levar o educando a construir um olhar a partir de ver, fazer, expressar e refletir. Observando assim como ponto concreto à prática em sala de aula.

Dessa, forma, o cinema se propõe como facilitador e importante elemento de ilustração, investigação e análise científica para educador e educando.

Sendo assim, pela nossa pesquisa, concluímos que as imagens são de grande importância como método de intervenção de conteúdos. Ressaltando que Read afirma que “nas crianças as imagens são excepcionalmente vívidas e na presença delas sempre renova o ato da percepção” (READ, 2001, p.44).

A sétima arte demonstrou estar comprometida com a tentativa de reproduzir a realidade em suas múltiplas faces. A fim de ilustrarmos essa afirmação elegemos o filme ”O Jardim Secreto”5. Assim, analisaremos pelo viés da pedagogia os seus personagens principais, então temos: Colin que se mostrará totalmente submisso, apático e afastado do mundo, acreditando-se doente, a ponto de não sair de seu quarto, inválido sobre sua cama, rejeitado pelo pai; Mary, prima de Colin que é atraída ao seu quarto, porque ele geme e chora durante a noite; a governanta que submete Colin aos mais variados tratamentos para as pernas paralisadas.

Em uma sala de aula, a governanta faria o papel de uma educadora qual traz uma abordagem em que se olha a criança como um simples indivíduo, cujo amadurecimento é a escola que vai promover e o papel do aluno seria só receber e reproduzir, “submisso”, Colin é o aluno que recebe e fica submetido à aprendizagem proposta pela governanta. Mary é a aluna que constrói permanentemente conhecimento sobre o mundo em que vive e sobre si mesmo.

O epicentro das transformações que se operam nas pessoas e nas relações está no “jardim”, Mary descobre o jardim, ela transgride uma ordem; seduzida pela possibilidade de regenerar o mesmo e de cuidar para que suas flores floresçam novamente. O jardim vem significar, a princípio, tudo o que é intocável e mumificado. Neste sentido, ele sugere que é necessário ir além daquilo que já é conhecido e dado e que, muitas vezes, petrifica-se para resgatar a vida que pulsa ainda escondida.

Neste prisma, podemos relacionar uma alegoria do jardim à educação, sendo assim, cada educador tem seu jardim secreto, tendo a função de o mesmo possibilitar a abertura dele. No filme, o jardim estava fechado, mas havia nele vida “[...] que neste jardim não está morto, está tão vivo quanto nós [...]”, que nos convida a uma reflexão: como estão os jardins de cada educador? Pois a cada aula o professor pode ou não abri-lo, ou até, disponibilizar a chave dele para que os próprios alunos adentrem a esses jardins. Jardins que poderão ser encontrados a magia do “aprender conteúdos”, “aprender florescer a imaginação”, “aprender plantar saberes”, enfim possibilitar os alunos a um aprender a aprender.

5 Em uma grande casa de campo, três crianças encontram-se sob cuidados de uma severa governanta (Maggie Smith, de Mudança de Hábito e Hook – À volta do Capitão Gancho). Mary (Kate Maberly) é uma menina órfã e rebelde. Seu primo Colin (Heydon Prowse) é um garoto mimado e cheio de manias e Dickon (Andrew Knott), um menino gentil e atencioso. Juntos um jardim abandonado, que se transforma em seu esconderijo particular. Através do caminho e compreensão desses três amigos, o velho jardim transforma-se em um lugar mágico, cheio de flores, surpresas e alegria. O Jardim Secreto é um lugar fantástico onde não existem tristeza e arrependimento... Um lugar onde a força da amizade pode trazer de volta a beleza da vida. Uma produção de Francis Ford Coppola, consagrado diretor de filmes como a trilogia O Poderoso Chefão e Dracula de Bram Stoker.

Document info
Document views349
Page views353
Page last viewedMon Dec 05 11:40:30 UTC 2016
Pages160
Paragraphs2338
Words79461

Comments