X hits on this document

Word document

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas ... - page 42 / 160

343 views

0 shares

0 downloads

0 comments

42 / 160

Revista Querubim – revista eletrônica de trabalhos científicos nas áreas de Letras, Ciências Humanas e Ciências Sociais – Ano 03 Nº 05 – 2007

ISSN 1809-3264

Pesquisa on-line

Como ambiente de coleta de dados, a Internet permite acesso a um grande número de informantes por meio do uso de estratégias variadas (Sheeran, 2002) tais como acesso a listas de e-mail, grupos de discussão, sites de relacionamento, salas de bate-papo, dentre outros.  De acordo com Zimitat & Crebert (2002), três métodos são comumente usados por pesquisadores ao ter acesso às discussões realizadas em  grupos de discussões on-line.  São eles:

a.

Análise passiva das discussões sem a intrusão do pesquisador;

b.

Análise ativa, em que o pesquisador participa nas discussões do grupo sem se identificar como tal;

c.

Participação ativa, em que o pesquisador se identifica e coleta informações dos participantes.

Segundo os autores, a adoção do procedimento “a”, acima, esbarra em questões éticas, uma vez que implica na utilização de dados sem o conhecimento dos informantes.  A alegação de alguns de que os arquivos de comunidades on-line seriam abertos ao público, assim como são os arquivos de jornais, especialmente daquelas comunidades que não exigem registro para acesso e que não têm regras que regulam a participação e comportamento de seus membros, é barrada pelo contra-argumento de que os membros dessas comunidades podem encarar suas participações como qualquer outro tipo de comunicação privada que merece ser resguardada. Por outro lado, a adoção da análise e participação ativas, descritas nos itens “b” e “c”, também pode trazer implicações.  Os autores comentam que a presença de um pesquisador na comunidade pode alienar os membros do grupo, interferindo na maneira como estes interagem no ambiente on-line.   

Para tentar minimizar tais problemas éticos e metodológicos, os autores sugerem que o pesquisador negocie com os líderes ou administradores do grupo observado, garantindo-lhes privacidade, confidencialidade e, se possível, a não intrusão no grupo. Como qualquer pesquisa, a pesquisa on-line requer não só o consentimento dos participantes, mas também que sejam explicados em termos simples as propostas da mesma, sua natureza voluntária, como os dados serão usados e como eles serão relatados para que a privacidade dos informantes seja respeitada.  Ainda segundo eles, ao utilizar páginas da web desenhadas especificamente para a coleta de dados, uma boa estratégia é a inserção de um botão escrito “eu concordo” no final do texto com as explicações necessárias.  Esse botão deve ser clicado pelo informante antes que ele tenha acesso à página da coleta de dados propriamente dita.  Esse procedimento seria uma tentativa de resguardar tanto informantes quanto pesquisadores.

A confidencialidade, privacidade e consentimento são os fundamentos éticos de qualquer pesquisa humana, entretanto, outros procedimentos básicos também devem ser tomados no desenho da pesquisa para garantir a credibilidade das amostras e dos resultados, permitindo inferências válidas sobre a população que o grupo representa.

Segundo Groves, 1989; apud Zimitat & Crebert (2002), para se evitar problemas com a amostragem, deve-se ter certeza de que a amostra pesquisada é representativa da população que se deseja pesquisar. Um cuidado especial deve ser tomado ao se trabalhar com grupos on-line porque geralmente definir o perfil de seus participantes é algo um tanto problemático, já que tais grupos geralmente reúnem pessoas de diferentes perfis com interesses similares, ou vice-versa. Fatores como a disponibilidade de acesso a Internet e o nível de letramento digital são outros pontos que podem afetar na coleta de dados e que dificilmente são identificados  através do acesso de uma lista de e-mails ou participação em fóruns de discussão.  

Document info
Document views343
Page views347
Page last viewedMon Dec 05 03:31:33 UTC 2016
Pages160
Paragraphs2338
Words79461

Comments