X hits on this document

112 views

0 shares

0 downloads

0 comments

18 / 51

Ponchielli influenciado até a medula. Note-se a semelhança de construção desses dois seguintes trechos: a entrada de Alvise anunciando a ‘Dança das Horas’, e a entrada de González no início do 1º ato de O Guarani.”

14- WAGNERISMO!

Esse estilo mais elaborado de orquestração e o uso de motivos recorrentes, porém, fizeram com que desta vez o compositor fosse acusado de “wagnerismo” (embora não possa haver duas personalidades mais dissemelhantes no mundo da música). A ópera foi também prejudicada pelo fato de Kraus, de tipo físico atarracado e pouca desenvoltura em cena, ser incapaz de projetar uma personagem título forte, selvagem, que não hesita em se destruir na tentativa de obter o que deseja. Mas, principalmente, o Guarany tinha criado uma expectativa que a Fosca não preenchia, justamente por ser mais bem escrita do que a média dos espetáculos da época, e por não fazer concessões ao gosto popular. No Perseveranza, em 18 de fevereiro, Filippo Filippi foi muito elogioso, ressaltando a originalidade da partitura e não hesitando em afirmar que ela era superior ao Guarany “como música, como obra de arte e como drama musical”. E protestava contra “esses senhores que ouvem a música em pé, nos vestíbulos, de costas para o palco, e escutando a música por alto, [e depois] decretam que não há novidade, nem melodia, nem efeito... decretos inapeláveis que não posso admitir.”

A Fosca não chegou a ser um fracasso, como já se quis afirmar. Mas não foi tampouco a repetição do sucesso retumbante do Guaranay, que Carlos Gomes desejara. Diante disso, a necessidade que ele sempre teve de ser aceito pelo público levou-o a fazer cautelosas revisões para a remontagem de 7 de fevereiro de 1878. O próprio Gomes cuidou da encenação, regida por Franco Faccio, tendo no elenco Amalia Fossa, Francesco Tamagno, Elvira Garbini, Gustavo Moriani e Ormondo Maini. A acolhida, dessa vez, foi muito boa, embora ainda não igualasse a dada à sua predecessora. O que é uma pena pois, musicalmente, Fosca é a ópera mais bem acabada de Carlos Gomes. O libreto de Ghislanzoni não chega a ser grande coisa. Embora forneça ao compositor as situações costumeiras que lhe permitem escrever números eficientes, tem razão Mário de Andrade ao comentar:

Document info
Document views112
Page views112
Page last viewedSat Dec 03 07:37:01 UTC 2016
Pages51
Paragraphs319
Words20577

Comments