X hits on this document

206 views

0 shares

0 downloads

0 comments

50 / 51

a termo os que lhe fornecia. Assim ele descreveu a instabilidade de Carlos Gomes:

“Sua atividade era constituída de entusiasmos e decepções, ímpetos e incertezas, nobres intenções e injustificáveis inseguranças, típicas da atitude intransigente de quem quer produzir uma obra-prima.”

Insegurança e hesitações, aliadas à necessidade neurótica de agradar ao público que, de resto, ele compartilha com outros compositores dessa fase crítica de transição, como Boito ou Ponchielli. Numa época em que estava evidente a exaustão do idioma romântico com que Verdi e seus contemporâneos tinham trabalhado, mas ainda não se via com clareza o rumo a tomar, para renovar o melodrama italiano, são freqüentes as indecisões, as revisões incessantes, as idas para a frente e para trás e os títulos deixados incompletos – como o Nerone que Boito nunca conseguiu terminar.

40 - “Se é de Morte o Meu Mal...”

O final da vida foi triste. Em 1894, manifestou-se, no fumante inveterado de charutos, o câncer na língua. Mas Antônio Carlos não conseguiu largar o vício, nem mesmo quando a doença se espalhou pela laringe. O sucesso do Verismo o fizera ser progressivamente esquecido. Numa situação financeira precaríssima, ele mal tinha condições de tratar de Carletto, que estava tuberculoso e morreria em 1898. Ainda assim, com enormes sacrifícios, levou-o para lugares mais quentes, San Remo e Nervi, na costa da Ligúria. O governo brasileiro nem sequer respondeu à sua proposta, em outubro de 1894, de fundar um conservatório em Campinas.

No início de 1895, o governo português o convidou a assistir às récitas do Guarany no Teatro São Carlos, ocasião em que o rei D. Carlos o condecorou com a Ordem de São Tiago da Espada. A etapa seguinte era Belém, onde a Associação Lírica do Pará planejava a encenação de suas óperas. No caminho, numa escala em Funchal, na Ilha da Madeira, Antônio Carlos encontrou-se com André Rebouças, que ali se exilara voluntariamente depois da queda da monarquia. O grande amigo já estava com as faculdades mentais perturbadas e morreria, em maio de 1898, em condições mal explicadas. Encontraram-no ao pé de um penhasco à beira-mar, sem que se soubesse se foi suicídio ou acidente.

“Se é de morte o meu mal”, tinha dito Carlos Gomes, “quero ir morrer no Brasil.” Recusou a oferta que lhe foi feita de dirigir o Liceo Benedetto Marcello, em Veneza, preferindo

Document info
Document views206
Page views206
Page last viewedTue Jan 24 15:40:00 UTC 2017
Pages51
Paragraphs319
Words20577

Comments