X hits on this document

115 views

0 shares

0 downloads

0 comments

10 / 40

Sintagmas — Professora Ana Vellasco

E, quando corre uma leve brisa, todo aquele mar de amarelo se balança, as tonalidades se confundem, criam um amarelo novo, o amarelo das roças de cacau, ah! O mais belo do mundo! Um amarelo como só os grapiúnas vêem nos dias de verão do paradeiro. Não há palavras para descrevê-lo, não há imagem para compará-lo, um amarelo sem comparação, o amarelo das roças de cacau!

Comentário sobre o texto 3

Para descrever as roças de cacau, o autor coloca-se em íntimo contacto com a natureza, em uma descrição afetiva, pessoal, atribuindo características humanas a seres inanimados, personificando elementos da natureza: “De um amarelo demasiado se vestem as flores e as folhas novas...” Encontramos também muitas imagens baseadas nos sentidos, principalmente impressões visuais: “Tudo nas roças de cacau é de tonalidades amarelas...”

O texto é extremamente rico em metáforas, que ajudam a construir a descrição, essencial ao desenvolvimento da narrativa.

Vamos agora examinar o sujeito da frase:

Uma cobra amarela acalenta o sol.

Nesse sujeito, a palavra mais importante é cobra, o seu núcleo. As palavras uma e amarela limitam o sentido do núcleo cobra, são seus determinantes — os determinantes do sujeito. Quando construímos nossos textos, usamos esses elementos determinantes para limitar, como em uma cobra, ou para dar mais um sentido aos substantivo, como em cobra amarela.

Assim, algumas palavras e expressões servem para limitar ou dar mais um sentido aos substantivos que acompanham:

Os cacaueiros se fecham em folhas grandes.

Quando corre uma leve brisa, aparece um amarelo novo.

Veja só a frase:

Os frutos maduros lembram lâmpadas de ouro de catedrais antigas.

Para descrever os substantivos frutos, catedrais e lâmpadas, o autor empregou adjetivos e locuções adjetivas:

substantivos

adjetivos/locuções

frutos

maduros

catedrais

antigas

lâmpadas

de ouro

olhos

amarelos

gotas

de sol

Podemos concluir, portanto, que o texto é todo construído com elementos que vão caracterizando, descrevendo as roças de cacau. Além de adjetivos e locuções adjetivas, o autor usou também várias orações que têm o valor de um adjetivo: são as orações adjetivas. Elas se referem ao termo anterior e vêm sempre introduzidas por um pronome relativo:

Amarelos são aqueles frutos precoces que pecaram ao calor demasiado.

aqueles

frutos

precoces

que pecaram ao calor demasiado.

Nestas outras frases também se realiza esse processo de detalhamento do substantivo:

O sol que se filtra através das folhas desenha colunas no ar.

Document info
Document views115
Page views116
Page last viewedSat Dec 10 00:42:45 UTC 2016
Pages40
Paragraphs1386
Words15238

Comments