X hits on this document

89 views

0 shares

0 downloads

0 comments

26 / 40

Sintagmas — Professora Ana Vellasco

ao verbo, isto é, não foi usada nenhuma preposição entre o verbo e seu complemento. São sintagmas nominais que funcionam como objeto direto. E o verbo é transitivo direto.

Há no poema vários verbos que não exigem qualquer sintagma para completar seu sentido. Veja só:

avançar

Garrincha avança.

descansar

Garrincha descansa.

gritar

A multidão grita.

Dizemos que os verbos que não precisam de nenhuma espécie de complemento são os verbos intransitivos.

Texto 4

Plantas Carnívoras

Uma joaninha aproxima-se inocentemente da planta. Dá umas rodeadas e pousa. A planta é um tanto peluda, e nos pêlos há gotas que parecem de orvalho, brilhando à luz do sol. As cores são bonitas e a joaninha acha lindos os pêlos. Mas o que a joaninha não sabe é que eles soltam uma substância viscosa na qual ela vai ficar presa. A joaninha pousou numa 'planta carnívora'.

Diferentemente das que aparecem no cinema, as plantas carnívoras de verdade são pequenas e delicadas. Elas têm em média 15 centímetros. As maiores podem chegar a medir dois metros de altura. Só têm capacidade de capturar e digerir animais miúdos, em geral insetos. Por isso, os pesquisadores preferem chamar essas plantas de insetívoras.

As plantas carnívoras não dependem somente dos insetos para se alimentar: elas também fabricam seu próprio alimento. Mas como vivem em locais úmidos, em terrenos pantanosos, o alimento que produzem não é suficiente para suprir suas necessidades vitais. Os insetos que elas capturam e digerem com auxílio de uma substância viscosa são um complemento alimentar.

Existem, no mundo, 450 espécies de plantas carnívoras, divididas em seis famílias diferentes. No Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, existe uma estufa de plantas insetívoras. Lá estão exemplares das seis famílias dessas plantas que, na estufa, são cultivadas em condições especiais para se adaptarem ao clima carioca.

(por Vera L.G.Klein e L.Massarani, Revista Ciência Hoje das Crianças)

Comentário sobre o texto 4

Neste texto, as autoras procuram explicar, numa linguagem bastante acessível, o que são plantas carnívoras, quais são suas características, por que podem ser chamadas de plantas insetívoras, quantas espécies existem de plantas carnívoras.

Agora vamos observar melhor a estrutura de algumas frases do texto. Encontramos verbos que exigem a presença de um substantivo para completar seu sentido. É uma relação diferente entre o verbo e o substantivo que funciona como núcleo do SN.

As plantas carnívoras

As plantas carnívoras

capturam

digerem

os insetos

insetos miúdos

Document info
Document views89
Page views90
Page last viewedSat Dec 03 03:22:23 UTC 2016
Pages40
Paragraphs1386
Words15238

Comments