X hits on this document

92 views

0 shares

0 downloads

0 comments

3 / 40

Sintagmas — Professora Ana Vellasco

põe coroas de coral

nas colunas da colina.

(Cecília Meireles)

Comentário sobre o texto 1

Nesse poema, a autora faz um jogo de palavras, tirando proveito principalmente do aspecto sonoro. Os diversos níveis a que nos referimos acima podem ser apontados no texto:

nível do período:

O colar de Carolina colore o colo de cal, torna corada a menina.

nível da oração:

O colar de Carolina colore o colo de cal / torna corada a menina.

nível dos sintagmas:

O colar de Carolina/

SN

colore o colo de cal,

SV

torna corada a menina.

SV

nível dos vocábulos:

Com/ seu/ colar/ de/ coral / Carolina / corre / por/ entre/ as/ colunas / de/ a /colina.

nível dos morfemas:

O / colar / de / Carolina / color/e / o / col/o / de / cal /, torn/a / corad/a / a / menin/a.

As gramáticas descrevem os níveis da oração e do período dentro da sintaxe e os níveis do morfema e do vocábulo, dentro da morfologia. No entanto, geralmente não tomam conhecimento do nível do sintagma - intermediário entre vocábulos e oração. E, como mostra Azeredo (1990):

"... os vocábulos não se unem para formar a oração do mesmo modo que os gomos se unem para formar uma laranja. Os vocábulos não formam a oração senão indiretamente. Eles se associam em grupos, os sintagmas, que são os verdadeiros constituintes da oração."

Com o poema "Colar de Carolina", podemos exemplificar as palavras citadas acima; temos diversos vocábulos que se organizam em blocos, os sintagmas, para então formarem orações.

O que nos interessa mais de perto é exatamente esse nível intermediário, o sintagma, essa espécie de ponte entre os vocábulos e a oração. Surgem então algumas perguntas:

Como podemos reconhecer um sintagma?

Basta haver mais de um vocábulo para existir sintagma?

Como são formados os sintagmas?

Há mais de um tipo de sintagma ou apenas um?

Todas as classes podem formar sintagmas?

Outras perguntas podem surgir, mas, por enquanto, vamos tentar responder a essas que nos parecem mais prováveis de ocorrer. Vejamos.

Document info
Document views92
Page views93
Page last viewedSat Dec 03 18:00:25 UTC 2016
Pages40
Paragraphs1386
Words15238

Comments