X hits on this document

105 views

0 shares

0 downloads

0 comments

34 / 40

Sintagmas — Professora Ana Vellasco

No desenvolvimento do texto, é extremamente importante relacionar e encadear as idéias de maneira inteligível para o leitor. Podemos estabelecer relações de oposição, causa, contradição, conclusão, condição, fim.

Para exemplificar essas correlações, vamos combinar as idéias: "conseguir emprego" e "morrer de fome":

causa - No Brasil, muitos homens morrem de fome porque não conseguem um emprego.

finalidade - No Brasil, os homens deveriam ter emprego para que não morressem de fome.

conseqüência - No Brasil, muitos homens ficam tanto tempo desempregados que terminam morrendo de fome.

condição - Se os homens tivessem sempre emprego, não morreriam de fome.

Veja as relações entre as idéias: "tomar uma decisão" e "conhecer todas as possibilidades"

finalidade - Para tomar uma decisão, é preciso conhecer todas as possibilidades.

condição - Se não conhecermos todas as possibilidades, não poderemos tomar uma decisão.

causa - É preciso conhecer todas as possibilidades, porque temos de tomar uma decisão.

Essas relações estão sempre presentes quando falamos e quando escrevemos. Na fala, muitas vezes não é preciso utilizar as conjunções, porque o nosso interlocutor pode perceber isto, segundo a situação. Mas, quando estamos escrevendo um texto, uma carta ou um requerimento, por exemplo, precisamos ser bem claros para sermos corretamente entendidos.

Resumindo:

1.

relação de causa - efeito: expressa pelas conjunções porque, pois, como, visto que, já que, uma vez que, por causa de, por, em conseqüência de, por motivo de, devido a, em virtude de.  Ex: O nazismo foi responsável por um dos regimes mais bárbaros já vistos porque se apoiou na idéia que existem homens superiores e homens inferiores.

2.

relação de condição: expressa pelas conjunções se, caso, contanto que, desde que, a menos que, a não ser que. Ao expressar a condição, existe uma exigência de que os tempos verbais das duas orações se relacionem. Ex: Se tudo isso que foi previsto pela cartomantes se realizasse (imperfeito do subjuntivo) de fato, o mundo já teria (futuro do pretérito do indicativo) acabado algumas centenas de vezes.

3.

relação de finalidade: expressa pelas conjunções para, a fim de, com o propósito de, com a intenção de, com o objetivo de. Ex: É preciso enviar a carta o mais cedo possível, para que se possa ter certeza de que ela chegará no prazo previsto.

4.

relação de conseqüência: expressa pelas conjunções tanto...que, tão ... quanto. Ex: Mandei tantas cartas para o concurso, que minhas chances de ganhar são muitas.

5.

relação de oposição: expressa pelas conjunções embora, apesar de. Ex: O computador não está funcionando, apesar de ter acabado de chegar do conserto.

Texto 8

Como se conjuga um empresário

(Mino)

Acordou. Levantou-se. Aprontou-se. Lavou-se. Barbeou-se. Enxugou-se. Perfumou-se. Lanchou. Escovou. Abraçou. Beijou. Saiu. Entrou. Cumprimentou. Orientou. Controlou. Advertiu. Chegou. Desceu.

Document info
Document views105
Page views106
Page last viewedTue Dec 06 16:41:38 UTC 2016
Pages40
Paragraphs1386
Words15238

Comments