X hits on this document

Word document

3. HOMOSSEXUAIS SÃO ATROPELADOS NO RIO - page 23 / 47

175 views

0 shares

2 downloads

0 comments

23 / 47

principalmente, a sociedade é fechada para assuntos relativos à homossexualidade.

Segundo o enfermeiro Jefferson Costa, técnico em enfermagem em Três Lagoas (MS), há discriminação no meio escolar. Ele explica que os pais de adolescentes heteros não aceitam que os filhos estudem em salas onde há alunos homossexuais.  A professora Adiely Nascimento, de Campo Grande (MS), disse que ainda há casos em que as lésbicas de classe média baixa, se isolam da sociedade, formando o que ela chama de "gueto". Transexuais - A exemplo dos homossexuais, os transexuais se deparam com barreiras sociais e jurídicas. A presidente do Grupo Brasileiro de Transexuais, Astrid Bodstein, critica as leis brasileiras em relação às solicitações de mudança de nome das pessoas transexuais. "Nossa legislação é omissa", afirmou, acrescentando que nos processos em que se pede a mudança de nome depende-se de qual juiz vai analisá-lo. Se o magistrado levar em consideração as jurisprudências, o transexual ou a transexual consegue mudar de entidade. Astrid explica que, no Brasil, em cada 30 mil pessoas, há uma mulher transexual.  Parada - As palestras e debates do I Encontro de Gays e Lésbicas do Centro-Oeste terminaram ontem, mas, neste sábado, os participantes do evento participam da 3ª Parada da Diversidade Sexual. A concentração será à tarde, na praça Ary Coelho, em Campo Grande. A partir das 16h, eles fazem uma caminhada pelas principais ruas do centro da cidade. [Fonte: Arnor Ribeiro, Brasil ­ JB On Line, 30/6/2004]

6. GAY É LEVADO A FORÇA PELA MÃE EM SÃO PAULO

O mundo desabou para um gay do dia para a noite. Sua irmã num acesso de puro oportunismo e esperteza deu-lhe um golpe, esta contou a mãe dele sobre sua preferência sexual. Duro ainda mais contar toda a verdade para a mãe e ver cara a cara com ela a situação de ter que se assumir a força. Ele tem 17 anos e pouca força de convencimento e acabara de passar para o vestibular de saúde. Mãe em puro acesso de raiva não aceito e levou-o para a cidade em que mora, impedindo dele estudar e se comunicar com qualquer um que seja, é triste saber de tudo assim, que se pode fazer por ele. Comunicaram-me que se entrar na justiça para intimar os pais contra esta decisão deles é viável, mas quem se meteria entre eles os pais e o garoto...? Uma coisa fica cômica em toda esta estória, a mãe jura que vai curar o filho em 20 dias da viadagem, nossa como a ignorância unida à infantilidade pode fazer a desgraça de todo mundo. [Fonte: Wallace, http://www.glssite.net/turismo/rosanasell.html, São Paulo/Sp,  5/4/2004]

7. BBB4 - GÉRIS NÃO QUER HOMOSSEXUAIS NA FAMÍLIA

A conversa no quarto infantil passa de religião para preconceito e chega ao assunto homossexualismo, quando a enfermeira Géris diz que não aceitaria o comportamento em sua família. Géris afirma que a preferência por pessoas do mesmo sexo começa no segundo mês de gestação devido a excesso de hormônios, como teria aprendido no curso de enfermagem. Apesar da explicação 'científica', a paraibana demonstra preconceito: "gostaria muito que minha família não tivesse esse desvio". Juliana tenta explicar o homossexualismo pela ótica espírita e Solange acha que basta o homem "dar a primeira vez" para virar gay e aconselha: "viu Cristiano, nada de começar". [Fonte:  listagls@yahoogrupos.com.br, 1/2/2004]

8. IGREJA CATOLICA DIZ QUE PEDOFILIA É COISA DE HOMOSSEXUAIS

Texto sobre Pedofilia no site http://www.catolicismo.on.com.br. Afirma que a pedofilia de uma certa forma é coisa dos homossexuais. Vimos nos jornais e televisão debates e mais debates sobre prostituição infantil no Brasil e no mundo. Por acaso, a prostituição infantil a que eles se referem é de homem com menino, ou de um homem com menina? É muita hipocrisia quando se trata de prostituição infantil e eles não tocarem no assunto como pedofilia heterossexual, dão mais ênfase quando a questão é homossexualidade. Itamar Santos. Pedofilia, variante do pecado de homossexualismo, "É fato que o pecado de pedofilia é habitualmente uma espécie dentro do gênero homossexualismo. É, portanto uma hipocrisia aceitar o homossexualismo e deblaterar contra a pedofilia, como freqüentemente vemos na mídia e entre legisladores. E convém lembrar que Deus castigou as ciladas de Sodoma e Gomorra por causa do pecado de homossexualismo (Cfr. Gen 19, 24-25). Na realidade, dar cidadania ao pecado de homossexualismo, tratá-lo como se fosse algo normal, sem considerar que se está diante de um ato contra a natureza, que brada aos Céus e clama a Deus por vingança, é também preparar o caminho para a pedofilia”. [Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/listagls/, listagls@yahoogrupos.com.br, 26/1/2004]

9. GAY É DISCRIMINADO PELA FAMÍLIA

E eu não agüento mais, pois fora da minha casa não sou discriminado da forma como sou pela minha irmã Rejane da Costa Silva. Na primeira ocasião há uns três anos atrás em uma discussão com ela precisei escutar: Vai dar o cu que você melhora, outro dia. - Vagabundo - pelo fato de eu estar desempregado, ontem em outra discussão fui chamado de marginal e viado. Expressões que me fazem segurar para que eu não preste queixa contra ela, mas eu gostaria que alguma coisa fosse feita para que isso não acontecesse mais. Posso contar com ajuda? Sou formado em Administração de Empresas e cursando MBA pela Fundação Getulio Vargas, no momento estou desempregado. Meu endereço: Rua 28, 2240 - Barretos/SP. [Fonte: Luciano Costa da Silva, Barretos/Sp, 27/4/2004]

10. IGREJA PERSEGUE HOMOSSEXUAIS

"Por quase três séculos, os bispos do Brasil deixaram os homossexuais em paz. Quem perseguia os “sodomitas” era a Inquisição, que enviou para os cárceres do Santo Ofício de Lisboa duas dezenas de “fanchonos”. Embora as Constituições do Arcebispado da Bahia, de 1707, considerassem a sodomia “o mais sujo, torpe e desonesto pecado, e por sua causa Deus envia à terra inundações, terremotos e pestes”, só há notícia de um homossexual

Document info
Document views175
Page views178
Page last viewedSun Dec 11 06:46:20 UTC 2016
Pages47
Paragraphs457
Words45288

Comments