X hits on this document

Word document

3. HOMOSSEXUAIS SÃO ATROPELADOS NO RIO - page 47 / 47

141 views

0 shares

2 downloads

0 comments

47 / 47

prostituição. [Fonte: Jornal da Tarde, 29-11-2004 e O Estado de São Paulo, São Paulo/Sp , 1/10/2004]

14. TRAVESTI SOFRE ATAQUE EM SÃO PAULO

Foi internada no Hospital Santa Casa de Misericórdia, a travesti moradora de rua Carlos Humberto do espírito Santo, “Shirley”, foi atacada no dia 4/7, domingo por um grupo de homens vestidos de preto e pode ter sido a primeira vitima dos ataques a mendigos no Centro. “Shirley” foi agredida na rua Campos Sales, no Brás, com um instrumento contundente, até então ninguém sabia de seu paradeiro, seu parceiro identificado por Franklin, foi ferido mas conseguiu escapar, foi ele que informou sobre o ataque, agora Shirley se torna uma testemunha chave para identificar os agressores que vem realizando chacinas no Centro de São Paulo, contra mendigos e moradores de rua. [Fonte: Jornal da Tarde, Salvador/Ba, 2/10/2004]

15. TRAVESTIS SÃO SIRRADAS NO RIO

Cláudio dos Santos Magalhães, “Boro” foi preso, dia 21/10, quinta-feira, acusado de surrar as travestis que fazem ponto de prostituição em Copacabana, zona sul, Ele cobrava R$100,00 (cem reais) por semana para as travestis trabalharem e ocuparem as ruas do bairro. Um travesti de nome Francisco dos Santos Silva, 20, disse: “quando a gente não dava a quantia, ele nos surrava”. [Fonte: O Dia, Rio de Janeiro/Rj, 22-10-2004]

16. TRAVESTIS SÃO EXTORQUIDAS EM RECIFE

Em Recife, recentemente estamos passando uma verdadeira guerra com os policiais de um certo batalhão, pois estão extorquindo as companheiras descaradamente, a nossa presidente Gleice Kelly esteve visitando as companheiras nos locais de trabalho, parou uma viatura da PM que veio de cheio sobre uma das meninas querendo dinheiro e começou a sessão de espancamento ate que Gleice ofereceu desesperadamente R$ 100,00 a ele, que largou a companheira entrou na viatura e foi embora, ficamos loucas ao ver que a nossa policia é o ladrão da historia, convidei as fontes de comando da policia e guarda municipal para uma reunião, enviado cerca de 5 ofícios sem respostas, só apareceu o comando da guarda municipal, que por incrível que pareça foi maravilhoso a troca de elogios com as companheira e respeito,na mesma oportunidade houve um compromisso com o grupo de ajuda em convidar o comandante da PM pernambucana, mais!!!!!! Ate agora a única coisa foi um recado de policiais e sargentos amigos nossos, que eu tivesse cuidado que esse determinado batalhão era feito de PM de conduta Homofóbica.Falei com nossa advogada do grupo que esta tentando um encontro com o prefeito do Recife e com o secretario de segurança publica do estado... Segundo nossa advogada que tem uma vasta experiência em situações de risco, não devemos em hipótese alguma nos expor e sim colocar nossos representantes políticos assessorar essa situação, esses PM não tem nada a perder e agente sim.  [Fonte: Alcyr e Gleice,  gatass_recife@hotmail.com, 5/11/2004]

17. TRAVESTI TEM A CABEÇA RASPADA NO MATO GROSSO

Ronivaldo Izidóro de Brito, “Tisla”, é travesti, foi uma das primeiras a freqüentar as reuniões do grupo Vida Ativa, sendo sócia fundadora, está em Ribeirão Preto presa em uma cadeia acusada de assalto. A mesma teve, (segundo informações) sua cabeça completamente raspada, está sendo obrigada a dormir no chão (quem tem silicone no corpo sabe do que eu estou falando), é constantemente agredida pela guarda e pelos companheiros de cela, pela sua orientação sexual, sendo tratada como depósito de esperma pelos presa (segundo ela), agredida literalmente nos seus direitos. Estou pedindo ajuda, pois perdemos o contato com a mesma. E as outras travestis de Rondonópolis estão preocupadas com esta situação visto a falta de informação. Não estou questionando aqui o possível crime cometido, mais sim o absurdo de ter sua cabeça completamente raspada, ter quer dormir no chão, e ter que satisfazer a força o desejo dos outros presos. Espero que alguém ou algum grupo tenha solidariedade e ajude essa nossa irmã que está passando por esta dificuldade.  [Fonte: Cícero, Vida Ativa – MT, cicerodemorais@yahoo.com.br,  29/1/2004]

Document info
Document views141
Page views144
Page last viewedSun Dec 04 20:55:03 UTC 2016
Pages47
Paragraphs457
Words45288

Comments