X hits on this document

68 views

0 shares

0 downloads

0 comments

34 / 38

34

CAPÍTULO 1: A GRAVAÇÃO ÓPTICA

cador de áudio, a máquina custava 12.000 dólares (€13.500) e possuía interface SCSI.

Depois disso, os preços começaram a baixar rapidamente e, ao mesmo tempo, os gravadores tornaram-se mais pequenos e mais rápidos, uma tendência que culminou com o lançamento do Yamaha CDR100, o primeiro gravador CD-R de 4X, em 1995, por um preço de 5.000 dólares (€ 5.660).

  • O

    Yamaha CDR100

No final do mesmo ano, a Hewlett Packard iniciou a comercialização do gravador que viria abrir as portas para a gravação doméstica; o HP 4020i (http://www.hp.com/cposupport/prodhome/hpsurestor11006.html), uma unidade (com hardware de fabrico Philips) do mesmo tamanho das que conhecemos hoje e capaz de gravar a 2X – a um preço sem precedentes de 995 dólares (€ 1.126).

Dois anos mais tarde, em 1997, apareceria a primeira unidade a permitir a regravação de discos (CD-RW), o Philips CDD3610, uma unidade tipo 2x2x6x (gravação de CD-R e CD-RW a 2x e leitura de CDs a 6x).

  • O

    Philips CDD3610, o primeiro gravador de CD-RW

Document info
Document views68
Page views68
Page last viewedSun Dec 04 04:18:57 UTC 2016
Pages38
Paragraphs349
Words5974

Comments