X hits on this document

66 views

0 shares

0 downloads

0 comments

35 / 38

CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS – A GRAVAÇÃO DE CDs E DVDs

35

A partir daí, os preços foram caindo – e o desempenho subindo – até à situação que temos hoje, com gravadores de 16X a serem vendidos a €100 e discos virgens a menos de 50 cêntimos.

Gémeos desiguais

Os discos virgens CD-RW e o seu processo de gravação são ligeira- mente diferentes dos CD-Rs. Neste caso, os discos são quimicamente diferentes, uma vez que o objectivo é permitir que possam ser gravados e regravados muitas vezes . *

Além da sempre presente base de policarbonato, o disco é constituído por duas camadas ditas dieléctricas que têm no meio uma camada chamada Phase Change Compound, ou PCC (composto de mudança de fase). No final encontramos a mesma camada de alumínio reflector e

  • o

    rótulo.

A chave do processo está no PCC. Trata-se de um composto químico que se encontra numa fase normalmente cristalina e, como tal, translú- cido à passagem da luz; uma vez aquecido (pelo feixe laser) torna-se amorfo e, nesse estado, opaco à passagem da luz.

Uma vez mais temos um processo em que é possível distinguir diferenças entre a luz reflectida, de forma a reproduzir os necessários zeros e uns da informação digital binária: cada ponto amorfo é interpre-

*

“Muitas vezes” não significa “sempre”. A maioria dos fabricantes certifica os seus discos para cerca de mil ciclos de gravação/regravação – menos do que o que é possível num disco magnético mas provavelmente mais do que algum utilizador jamais necessitará.

Document info
Document views66
Page views66
Page last viewedSat Dec 03 06:53:32 UTC 2016
Pages38
Paragraphs349
Words5974

Comments